Trailer de Thor: Ragnarok

A Comic-Con 2017, em San Diego foi encerrada no último domingo. E nesta terça-feira (25), a Variaty fez um especial citando o que bombou e o que fracassou no evento. Na listas dos maiores destaques estão Steven Spielberg com seu novo filme Ready Player One, Thor: Ragnarok e seu novo trailer, a série Star Trek: Discovery e Os Defensores. Já entre o que foi visto de pior está Ben Affleck, o filme da Netflix Bright, o painel da série Westworld e o showrunner de Doctor Who Steven Moffat.

No que teve de melhor, a Variety destaca as várias referências da cultura pop encontradas no trailer de Ready Player One, baseado no livro Jogador N.º 1, de Ernest Cline, que vão de De Volta para o Futuro a Senhor dos Anéis. O diálogo surpreendente entre Thor e Hulk no novo vídeo do longa foi outro elemento aprovado. Outro trailer elogiado foi o da série da CBS Star Trek: Discovery, que apoia a diversidade. Por fim, o painel que teve mais de uma hora e meia da série Os Defensores também está no pacote do que bombou. O evento ainda contou com a primeira aparição de Sigourney Weaver como a vilã Alexandria.

Já no que não foi apreciado pela Variety foram as declarações de Ben Affleck assim como a postura do ator que vive Batman em Liga da Justiça. “Affleck passou o resto do painel olhando alternadamente mal-humorado e com sono”, critica a revista. Já o longa de David Ayer não empolgou com o que foi visto no painel de Bright. Podendo ser mais um fracasso do diretor de Esquadrão Suicida. Já o painel de Westworld não foi aprovado pela pouca empatia do moderador Reggie Watts. Por fim está a crítica pela postura do produtor Steven Moffat, que foi contra Jodie Whittaker ser a 13.ª doutora da série Doctor Who.