Robbie Kay em Once Upon a Time.

O painel da série Once Upon a Time na CCXP 2017 trouxe nessa quinta-feira (07) pela primeira vez à América do Sul, o ator Robbie Kay, que interpretou o Peter Pan na produção.

O ator iniciou o painel arriscando algumas palavras em português, como “olá” e “boa tarde”, até mesmo um “eu te amo” direcionado à plateia.

Robbie comentou que está adorando em São Paulo, que é uma cidade muito grande e que possibilita essa interação mais próxima com os fãs brasileiros, dos quais conseguiu contato por conta das redes sociais. Durante a conversa, alguns vídeos foram exibidos no painel, mostrando momentos de sua carreira em Once Upon a Time. Robbie aproveitou para explicar o desenvolvimento de Peter Pan como vilão na série além de comentar como foi o início de sua carreira como ator.


Começando a carreira com 10 anos no filme O Ilusionista, de Neil Burguer, Robbie fez o teste de elenco e foi aprovado para o longa-metragem. Logo, foi perguntado qual a grande diferença entre fazer televisão e cinema. Robbie disse: “A qualidade de ambas mídias está muito próxima mas eu acredito que as séries são filmadas de maneira mais rápida, enquanto no cinema há mais tempo para fazer as coisas”.

O ator aproveitou para contar uma cena de Once Upon a Time, onde na filmagem dela, ele teve que ficar em uma tela verde – porque a produção usa muito o elemento dos efeitos especiais -, utilizando uma roupa verde também. Isso fez com que Robbie não tivesse nenhuma noção de espaço dento do set. “E aí eu pensei comigo mesmo: ‘O que eu estou fazendo da minha vida?'”. completou.

Robbie aproveitou para rasgar elogios à série, pelo fato de ter elaborado um Peter Pan diferente, que foi um vilão que possuiu alguns poderes. “É muito original a forma com que eles trabalham esses personagens clássicos. Nenhuma outra produção conseguiu reproduzir algo assim. Eu acho que Peter Pan teve uma ótima construção na série e o personagem no final, apesar do desfecho trágico, conseguiu entender a importância de ter uma família”, opinou o ator. Outra situação que ele detalhou sobre Once Upon a Time é que Peter Pan é pai de Rumplestiltskin (Robert Carlyle), que é mais velho que ele. Robbie contou que pelo fato dessa situação ser estranha, tudo foi muito divertido durante as gravações.

Indagado se gostaria de interpretar algum personagem no cinema, Robbie respondeu que gostaria de ser o James Bond, o icônico agente britânico 007. Outra pergunta feita ao ator foi se ele achou ruim se despedir do personagem. Kay respondeu: “Não, não achei ruim. Toda história tem que ter um final. Adorei ter feito o Peter Pan, me marcou muito mas não me incomodei”.

Informações de Pedro Henrique, diretamente da CCXP 2017.