Thanos (Josh Brolin) em Vingadores: Guerra Infinita.

Vingadores: Guerra Infinita possui uma grande inspiração nas histórias em quadrinhos da Marvel. Isso não é surpresa. No entanto, não seguirá muito a linha da fonte de inspiração. Não pelo menos como os fãs anseiam. Quando a Marvel anunciou em 2014 que terceiro filme de reunião dos heróis seria Guerra Infinita, os leitores de quadrinhos ficaram alvoroçados.

1992 foi o ano em que Jim Starlin colocou em evidência a Manopla do Infinito, onde a série A Guerra Infinita seguiam eventos após Adam Warlock (ainda não participante do MCU) ter conseguido a manopla e a seis joias do infinito. Claramente que, assim como mostrou em Guerra Civil e em Ragnarok, os estúdios Marvel sabem usar bem sua inspiração, não somente fazendo adaptações seguindo à risca.

O trailer e os detalhes informados sobre Vingadores: Guerra Infinita mostra que haverá uma sequência, já que aparentemente o embate entre os heróis e o supervilão Thanos (Josh Brolin) não seguirá apenas um filme. Só que o trailer também evidenciou que haverá outra inspiração para os rumos dos filmes: a série de quadrinhos Infinity, de Jonathan Hickman.


O começo dos anos 90 com os livros de Starlin terá um peso importante em Vingadores: Guerra Infinita e em Vingadores: 4, mas que na verdade será mais como uma fonte de ideias do que propriamente uma adaptação. Uma cena clássica da HQ A Manopla do Infinito foi tributada no trailer de Guerra Infinita, só que alterando o personagem (enquanto na HQ é o Surfista Prateado que está caído sendo ajudado pelo Doutor Estranho, no filme será o Hulk). Mas isso não altera o fato de que o filme se baseará mais em uma narrativa mais terrestre, como é a Infinity, de Hickman, ao invés de uma mais mística/espacial como a de Starlin, em que Thanos está em constante desafio contra a Morte.

Lançado em 2013, Infinity marcou o resultado de anos de escrita de muitos livros de Hickman. É praticamente impossível de colocar o arco inteiro dentro do filme, mas seus conceitos sobre consciência de terra no cosmos e questões sobre realidade e multiverso aparentemente serão colocados dentro do novo filme de reunião da Marvel. Estes eventos levarão até o colapso de todas as realidades em Guerras Secretas, mas sem antes de Thanos aparecer na Terra mais uma vez para unir as joias do infinito e destruir seus inimigo.

Muito do peso dos elementos de Hickman não estarão no filme. Entretanto, há alguns grandes momentos de seu livro que formam o principal núcleo narrativo do terceiro filme dos Vingadores. O mais óbvio é Thanos vindo para a Terra do que os heróis indo até ele. Vingadores 4 talvez tenha uma história que cruze isso, mas sem antes mostrar eles defendendo o planeta.

A primeira referência de fato na verdade, é a aparição da Ordem Negra no universo cinematográfico da Marvel. O exército de Thanos acompanha seu líder na invasão do titã à Terra na HQ Infinity. Black Dwarf, Proxima Midnight, Supergiant, Ebony Maw e Corvus Glaive são os cavaleiros de Thanos, que os chamam de “crianças”, além de suas filhas Nebula e Gamora.

Algumas outras mudanças serão feitas no meio do processo, enquanto o filme não trará Supergiant e trocará o nome de Black Dwarf para Cull Obsidian – um outro nome para a Ordem Negra nos quadrinhos – , a inclusão do grupo como forças principais do mal ao lado de Thanos é uma das razões das quais o filme da Marvel está indo mais para o lado de Hickman do que outra série de publicações, mas é realmente o único fato. Na verdade, parece que Guerra Infinita flutuará entre essas muitas histórias em quadrinhos como fontes.

O trailer também mostrou que a cidade de Wakanda, do rei T’Challa/Pantera Negra (Chadwick Boseman) servirá como front para a invasão de Thanos. E pelo que é visto no trailer na cena no país africano, parece que realmente Capitão América e outros enfrentarão Cull Obsidian e os Outriders. Na HQ Infinity, Black Dwarf vai até Wakanda e enfrenta ambos T’Challa e Shuri, além de trazer consigo uma raça de alienígenas conhecida como Outriders. Os eventos em Wakanda parecem ser os principais do filme, direcionado sua inspiração para a criação de Hickman.

A Marvel sempre concluiu e exprimiu bem as inspirações em quadrinhos nos seus filmes. Ambos Capitão América: Guerra Civil e Vingadores: A Era de Ultron mostraram novas versões de suas histórias. Como parte do Legado da Marvel, haverá uma nova publicação da série Infinity em fevereiro. Em tempo para até o grande lançamento de maio de 2018, trazendo novamente as joias do infinito, pagando homenagens justas ao trabalho de Hickman.

Com a convicção de que Vingadores 4 marcará o fim da fase 4 do MCU, Vingadores: Guerra Infinita encerrará a fase antecessora, direcionando a história para uma fase de Guerras Secretas, assim como Hickman fez em sua histórias? Não há a total convicção, mas claro que será visível o olhar do quadrinista para os heróis da Marvel no cinema.