O final de Vingadores: Guerra Infinita terá um grande impacto no Universo Cinematográfico da Marvel, mas também deve incluir consequências em muitas das séries de TV da Marvel. Agents of S.H.I.E.L.D., que estreou na ABC em 2013, foi essencialmente um spinoff de Os Vingadores. O piloto da série reintroduziu Phil Coulson, que havia ressuscitado desde sua morte no cinema, e se concentrou na equipe do agente. Desde então, o lado da TV, o MCU cresceu exponencialmente para incluir seis séries na Netflix e Runaways no Hulu. Além disso, Manto e Adaga fará sua estréia no Freeform neste verão.

As séries, ainda assim, raramente interagem umas com as outras. O universo Marvel da Netflix é coeso em si mesmo, mas além de fazer referência à Batalha de Nova York de Os Vingadores, ele fica no seu próprio canto do MCU. A 1ª Temporada de Runaways existia com pouco ou nenhum vínculo com a franquia do cinema, enquanto parece que Manto e Adaga terá conexões leves com a inclusão da Roxxon Oil Corporation. Ainda assim, o final de Vingadores: Guerra Infinita deve ter seu impacto refletido nas séries de TV.

Vingadores: Guerra Infinita termina com Thanos adquirindo todas as Joias do Infinito para completar a Manopla do Infinito e ele estala os dedos, eliminando metade do universo. Nas sequências finais do filme, vemos vários heróis se desintegrarem ao pó como resultado das ações de Thanos. Embora esse momento de angústia leve diretamente à história de Os Vingadores 4, ainda resta um ano antes de o filme chegar aos cinemas. Então, isso levanta a questão de como os vários programas da Marvel TV irão lidar com Thanos eliminando metade do universo, isto é, se eles lidarem com isso de alguma forma.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Embora a maioria dos personagens que vemos afetados por Thanos sejam membros dos Vingadores ou de seus aliados, a cena pós-créditos de Vingadores: Guerra Infinita confirma que afeta todo o planeta, e podemos presumir que isso afeta a maioria dos outros planetas no universo. Isso significa que as ações de Thanos afetam não apenas os heróis da telona, mas também os pequenos personagens da telinha. Mesmo que, milagrosamente, todos os personagens principais da série de TV da Marvel sobrevivam ao abate, eles estarão lidando com as consequências de metade da população da Terra desaparecer.

Isso é especialmente verdadeiro para as séries da Marvel atualmente em andamento, como Agents of S.H.I.E.L.D., ou aqueles que estrearão antes de Vingadores 4, chegarem aos cinemas no ano que vem, o que inclui Manto e Adaga, a 2ª temporada de Runaways, e as temporadas adicionais de Demolidor e Luke Cage na Netflix. A Netflix também tem segundas temporadas de Punho de Ferro e O Justiceiro atualmente em produção, embora não esteja claro quando elas vão estrear.

Considerando as enormes implicações de Thanos eliminando metade do universo, Guerra Infinita deve impactar diretamente todas as séries de TV Marvel definidas no MCU. No entanto, como reconhecer os eventos do filme sem atrapalhar todas as séries e forçá-las a se concentrar nas consequências do longa? Na verdade, há algumas maneiras de os programas de TV da Marvel lidarem com o cinema.

Na maior parte, os programas de TV da Marvel já ignoram os filmes ambientados no mesmo universo. No passado, outras séries da Marvel podem reconhecer a Batalha de Nova York, mas pouco mais. Embora outra exceção seja o Acordo de Sokovia, introduzido em Capitão América: Guerra Civil, que são referenciados em Agents of S.H.I.E.L.D., Jessica Jones e Inumanos. Ainda assim, a maioria dos personagens de TV não se preocupa com os acontecimentos dos Vingadores. Certamente, os fãs da Marvel questionariam a continuidade dos shows ignorando um evento tão grande quanto metade do universo se transformando em poeira. Mas se cada programa for mais forte e mais atraente, porque eles ignoraram o estalar do dedo de Thanos, talvez seja para melhor. Agents of S.H.I.E.L.D. afastou-se das ligações diretas para com os filmes da Marvel e o show é mais forte por isso. Muitos dos shows da Marvel Netflix ignoram os filmes e são amplamente aclamados pela crítica, embora isso não seja necessariamente porque eles ignoram os filmes. No entanto, pode-se argumentar que eles são mais fortes porque se preocupam mais com suas próprias histórias do que com a conexão com o universo maior.

Além disso, embora o diretor da Marvel TV, Jeph Loeb, tenha dito desde o início que “tudo está conectado”, há uma divisão entre os lados do filme e da televisão do MCU do ponto de vista da produção. Por causa da estrutura da Marvel Studios e da Marvel TV sob o guarda-chuva da Disney, eles são ainda mais separados do que muitos fãs sabem. Talvez Guerra Infinita crie a oportunidade perfeita para reconhecer que nem tudo no MCU está conectado e não tem que ser. Se a Marvel TV continuar oferecendo shows de qualidade, os fãs podem ficar felizes o suficiente para deixar a continuidade pra lá. Ainda, há como o cinema resolver esse problema para a TV.

Nós não sabemos muito sobre o enredo de Vingadores 4, mas sabemos que tem algo a ver com viagens no tempo. Fotos do set de filmagens retratando membros dos Vingadores em seus uniformes do primeiro filme dos Vingadores estão por toda internet. Presumivelmente, os membros da equipe voltarão no tempo para impedir os dedos de Thanos e retificar a maioria das mortes em Vingadores: Guerra Infinita. Mesmo que isso não seja exatamente o que acontece em Vingadores 4, sabemos que pelo menos Peter Parker volta à vida porque uma continuação do Homem-Aranha: De Volta ao Lar já foi confirmada. Então, presume-se que Vingadores 4 de alguma forma reverte o que acontece no final de Guerra Infinita, então metade do universo não é eliminada no MCU.

Além disso, sabemos que Guerra Infinita e Vingadores 4 já foram um enredo de duas partes. Embora a Marvel Studios tenha trabalhado para distanciar os filmes, sabemos que o próximo filme do super-grupo vai pegar os tópicos narrativos do último. Essencialmente, é uma história em dois filmes. Como resultado, os programas de TV podem não querer lidar com quaisquer ramificações do lado do filme do universo até que a história seja concluída. Porque, se os Vingadores 4 desfizerem o fim de Guerra Infinita, então isso também irá se espalhar pelo MCU, causando mais problemas para a série de televisão – a menos que a Marvel TV use o cronograma em seu benefício.

Embora haja separação entre a Marvel Studios e a Marvel TV, os criadores da série de televisão provavelmente sabem onde os filmes estão indo com quarto filme dos Vingadores. Se os programas da Marvel TV ignorarem Guerra Infinita, isso pode não causar problemas se suas temporadas acontecerem depois do filme, caso Vingadores 4 seja imediato à Guerra Infinita.

Vingadores: Guerra Infinita, sem dúvida, causa problemas para a Marvel TV, mas eles não são intransponíveis. Ainda assim, como Guerra Infinita é o maior evento que o MCU já viu (tanto no universo quanto no mundo real), os fãs sem dúvida estarão de olho para ver como os programas de TV lidam com estalar de dedos de Thanos. Infelizmente, como exatamente cada série de televisão Marvel escolhe lidar com isso, se escolherem lidar, só saberemos quando elas forem lançadas.