Por André Junior

João Côrtes estará esse ano nas telonas em dois longas-metragens completamente diferentes um do outro. João está no filme O Segredo de Davi, do diretor Diego Freitas, que resolveu apostar em um gênero pouco produzido no Brasil, o terror, em uma narrativa que traz a história de um serial killer.

Nele, o ator aparecerá em uma atmosfera mais sombria. Já no longa De Novo Não ele enfrenta um enredo leve voltado para o público adolescente, com direito a uma parceria com a youtuber Kéfera Buchmann. Seu personagem é um jovem brilhante, melhor amigo da protagonista Camila. Ela, por sua vez, vai voltar no tempo e, quando acordar se depara com um mundo completamente diferente e com milhares de fãs na sua cola. O ator também esteve no ar na série O Negócio, da HBO.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O público também poderá ter uma palinha do sucesso do artista também como cantor; João lançará o álbum “Elevador Gourmet”. O repertório do álbum contará com músicas autorais e também com uma seleção de sucessos mundiais de nomes como Amy Winehouse, Djavan, Maroon5, Michael Jackson e outros. Tudo isso em uma versão completamente diferente do que já escutamos, com uma melodia à la orquestra.

Confira a entrevista exclusiva do Observatório do Cinema com o ator João Côrtes:

João, o que é mais rentável no audiovisual brasileiro, fazer novela ou propagandas de operadoras de celular?

Sempre prefiro não comentar algo que possa reverberar em levantamento de valores contratuais, tanto de um trabalho na TV, teatro, cinema, como em campanhas. Verba normalmente é informação sigilosa discriminada em cláusula contratual. Mas de uma forma genérica, acredito que é algo bem relativo. Vários fatores podem interferir nesse cálculo. O tamanho e alcance da campanha, se é uma novela, uma série, para qual canal, qual seu momento profissional, se é um filme, quantas cenas, quanto tempo no ar… enfim…

Depois de atuar em Sol Nascente, você não teve novos convites para participar de folhetins na Rede Globo?

Eu já tinha trabalhos engatados para depois de Sol Nascente, um thriller/suspense que será lançado no segundo semestre desse ano que se chama O Segredo de Davi; aliás o trailer foi lançado ontem! Fui também convidado a retornar na quarta temporada de O Negócio com um personagem que a princípio estaria apenas na terceira temporada. Em seguida comecei a gravar o filme De Novo Não, ao lado da Kéfera, é o primeiro longa onde o meu personagem é um dos centrais. Interpreto o fiel escudeiro dela que é a protagonista do longa. Fui chamado para fazer também um trabalho na TV que já gravei mas ainda não posso antecipar, e nesse exato momento estou na Chapada dos Guimarães gravando uma série mas que ainda não posso contar detalhes, em breve conto também essas novidades, mas tenho muitos trabalhos para serem conferidos nos próximos meses!

O longa O Segredo de Davi já tem data de estreia prevista? Você pode nos falar um pouco sobre o seu personagem? O filme é destinado para adultos?

Será lançado no segundo semestre desse ano. Por ser tratar de um terror/suspense terá classificação etária com certeza. Quanto ao meu personagem, ele se chama Caio, é um jovem estudante da faculdade de Davi (Nicolas Prattes). Caio tem uma energia pesada e um estilo “dark”, meio gótico mesmo. É alguém com um jeito muito autêntico não só para roupas, acessórios, mas na maneira como se apresenta para o mundo.

Neste ano você participa também do filme De Novo Não, ao lado da YouTuber Kéfera. Vocês já tinham trabalho juntos antes?

Eu já a conhecia mas não tínhamos trabalhado juntos ainda. Nos conectamos de uma maneira muito bacana. A cada dia a gente descobria mais coisas em comum, principalmente o senso de humor, foi algo que nos aproximou muito.

Além de atuar, você está preparando um álbum de inéditas e regravações de grandes sucessos internacionais. A música é uma nova aposta para a sua carreira ou você sempre esteve envolvido nisso?

A música sempre esteve muito presente na minha vida. Toda a parte da família do meu pai vive da música. Eu cresci ouvindo música boa, com os primos, tios, avós e agregados sempre tocando algum instrumento ou cantando nas festas. Comecei a estudar bateria desde cedo, mais tarde passei a estudar piano, e fiz aulas de canto durante alguns anos com a minha avó, que é cantora lírica e professora de canto. Além disso, eu integrei, como cantor, a banda de jazz “8 do Bem”, criada há mais de dez anos pelo meu pai e o Derico (sexteto do Jô), meu padrinho. Eu pretendo sempre levar a música junto comigo.

Confira o trailer do terror O Segredo de Davi: