CONTÉM SPOILERS

A segunda temporada de O Justiceiro finalmente chegou à Netflix.

Com um gostinho de que a parceria entre a Marvel e o serviço de streaming está perto de seu fim definitivo, os fãs puderam acompanhar as aventuras de Frank Castle mais uma vez, na esperança de que possam assisti-lo mais uma vez.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Justiceiro | Stan Lee é homenageado na 2ª temporada da série da Marvel

Se o programa será ou não renovado para mais uma temporada, ninguém sabe. O que se sabe é que a segunda temporada da série, especialmente em seu encerramento, trouxe muitas questões surpreendentes e importantes.

Aqui, explicamos tudo o que aconteceu.

O que acontece no final da temporada

No final do penúltimo episódio da segunda temporada de O Justiceiro, Madani entra em uma briga com Krista. O confronto acaba com Madani atirando Krista pela janela do terceiro andar de um prédio, assim que Billy retorna com um buquê de flores. Krista não morre, mas fica no hospital com ferimentos terríveis e permanentes.

Enfurecido, Billy retorna ao apartamento, onde se envolve em uma brutal briga com Madani, que atira nele três vezes antes que Billy possa finalmente estrangulá-la. Madani fica inconsciente e Billy desmaia com a perda de sangue. Quando Madani acorda cercada de policiais, Billy simplesmente desapareceu. Como Mahoney prevê, Madani efetivamente matou Billy durante a luta – ele simplesmente não sabia que estava morto ainda.

Paralelamente, Billy consegue chegar a um médico num beco sem saída, a quem ordena sob a mira de uma arma que remova as balas de seu corpo e o costure. Ele não quer usar anestesia, então desmaia quando o médico tenta remover a segunda bala. Assim que fica inconsciente, o médico pega seu dinheiro, fugindo sem retirar a segunda bala. O corpo de Billy é jogado em uma lixeira horas depois, de onde ele consegue sair cambaleando até chegar ao porão onde Curtis realiza suas reuniões de apoio. Lá, ele finalmente cai contra uma parede.

Enquanto isto, Frank está organizando uma troca de reféns – mas sem reféns. Curtis teve pena do senador David Schultz após perceber que não tinha conexão com a chantagem e assassinato em torno das fotos incriminadoras dele, deixando-o ir. No entanto, Frank é capaz de blefar para sair da situação quando John Pilgrim chega com Amy, alegando que David está dentro de seu trailer, amarrado.

Uma vez que fica claro para Amy que não era verdade, Frank explica que David foi embora e começa uma luta sangrenta com John, que termina com John em suas costas e Frank pronto para acertar sua cabeça com um extintor de incêndio. John implora que Frank não machuque seus garotos enquanto mata os Schultzes, e por fim Frank decide poupar a vida de John.

Assim que Curtis se prepara para descansar após muitos dias difíceis, ele é surpreendido com um telefonema de Billy, que pede para ir ao porão onde desmaiou. No entanto, é Frank que aparece, não Curtis. Billy fica surpreso, dizendo que gostaria de estar com alguém enquanto morre – e está feliz por ser Frank. Billy começa a pedir desculpas, mas Frank atira duas vezes antes que ele possa continuar, matando-o.

Quando Madani, Curtis e Mahoney descobrem o corpo mais tarde, Mahoney fica frustrado com a situação, sabendo que Frank provavelmente foi o responsável. Mas Madani e Curtis conseguem convencê-lo a deixar Frank ir, com a morte de Billy sendo atribuída a seus ferimentos anteriores.

Frank ainda não está satisfeito. Ele chega à mansão da família Schultz com Amy, que os confronta sobre o que fizeram com ela e suas amigas. Eliza Schultz pega uma faca para atacar Amy, mas Frank aparece de surpresa, atirando em sua cabeça antes que possa fazer qualquer coisa. Ele então oferece um ultimato a Anderson Schultz: ele precisa atirar em si mesmo ou Frank irá liberar a conversa gravada dele confessando seus terríveis atos. Schultz acaba escolhendo a primeira opção, se matando. Amy e Frank se afastam do prédio enquanto ouvem o tiro. Reunido com seus filhos, John Pilgrim faz as pazes com Frank e eles seguem caminhos separados.

No dia seguinte, Frank dá dinheiro para Amy e a coloca em um ônibus para a Flórida, onde um amigo administra uma escola de mergulho. Os dois se abraçam, e então Amy parte para um futuro melhor.

Na cena final, Frank está esperando em seu carro, avistando um depósito onde suas gangues se reúnem. Madani, que se juntou à CIA, liga para Frank oferecendo um emprego como assassino da agência, mas ele rejeita. Dentro do depósito, as duas gagues se enfrentam, cada uma acreditando que a outra convocou a reunião. Eles sacam suas armas, mas são interrompidos por Frank, que revela que foi o responsável pela convocação. Vestindo seu icônico colete de caveira, Frank pega duas metralhadoras e começa a disparar contra a multidão de gangsteres – e é aí que a temporada termina.

O significado do encerramento da temporada

O tema principal da segunda temporada de O Justiceiro é a família. Ao longo dos 13 episódios, o programa explora os muitos significados da palavra. Existe a irmandade do exército, que liga Billy, Frank e Curtis. Frank até observa que detestaria a maioria dos caras que conheceu em sua unidade se os tivesse conhecido fora dali, mas todos se tornaram irmãos porque dependiam uns dos outros para sobreviver.

Billy Russo, à deriva sem suas memórias, procura construir este mesmo tipo de família em Nova York, recrutando veteranos com raiva e sem direção para uma nova irmandade, desta vez criminosa. Alguns deles simplesmente buscam uma nova guerra para lutar.

Amy é o oposto disso. Viveu sem família por muito tempo e está confortável sozinha, portanto teme qualquer tentativa de ajuda. Para Frank, Amy é como uma filha, portanto se sente obrigado a salvá-la. A perda de sua família é parte essencial da motivação de Frank, com o anti-herói poupando vidas de alguns criminosos quando fazem apelo em nome de seus filhos.

A força que mantém Frank Castle ativo como Justiceiro acaba sendo a sua maior fraqueza ao mesmo tempo.

O Justiceiro | Jon Bernthal está confiante de que Frank Castle vai voltar

Contando novamente com 13 episódios e com muita pancadaria, a 2ª temporada de O Justiceiro está disponível na Netflix.