O filme A Gente se Vê Ontem, da Netflix, usa uma premissa de ficção científica para um comentário mais amplo sobre questões sociopolíticas. Mas como exatamente funciona essa viagem no tempo, e o que significa o final? Dirigido pelo protegido de Spike Lee, Stefon Bristol, A Gente se Vê Ontem é estrelado por Eden Duncan-Smith como Claudette “CJ” Walker e Dante Crichlow como Sebastian J. Thomas.

Os dois estudantes do ensino médio são obcecados por viagens no tempo e possibilidades científicas. No entanto, o assassinato do irmão de CJ, Calvin (Brian Bradley), afeta profundamente os personagens e muda o rumo de suas vidas. A Gente se Vê Ontem presta homenagem aos filmes de viagem no tempo do passado, ao mesmo tempo em que fornece uma abordagem esclarecedora sobre questões sociais como o conflito racial no Brooklyn moderno. Os personagens principais viajam de volta no tempo, mas em vez de deixar de lado a ciência de tudo isso, o filme da Netflix traz proposições bem interessantes, explicando muito bem como funciona sua viagem no tempo.

As regras da viagem no tempo

Resultado de imagem para see you yesterday


Na verdade, Bristol certifica-se de estabelecer as especificidades da viagem no tempo desde o início, enquanto os protagonistas se preparam para uma exposição escolar. Durante um “Teste de Relocação Temporária”, CJ e Sebastian discutem como a invenção deles funciona: prótons se conectam ao circuito do rotor em sua mochila, e a ciência cria uma espuma quântica que abre um buraco de minhoca. Em suma, os personagens explicam os detalhes e como eles podem voltar apenas um dia para o passado. Os astrofísicos podem, no final das contas, criticar essa lógica, mas o filme certifica-se de estabelecer as regras fundamentais.

Na maior parte do tempo, CJ e Sebastian têm o mesmo entendimento em A Gente se Vê Ontem. Eles apontam como a tubulação ruim se relaciona com a força dos prótons e afeta seu protótipo. Mas assim que se tornam cada vez mais próximos de alterar a história para sempre, o assassinato de Calvin muda tudo. Por acaso, CJ e Sebastian discordam sobre por que estão voltando no tempo: CJ tem motivos pessoais, o que Sebastian parece entender. Ainda assim, ele é cético sobre o que poderia acontecer se eles não respeitassem as regras científicas.

Isso define o tom para uma exposição mais científica, que beneficia A Gente se Vê Ontem como um todo. CJ e Sebastian discutem como precisam mudar a rotação dos elétrons e como a antimatéria colidindo com a matéria fornecerá a energia pura que estão procurando. Significa que, essencialmente, eles terão 10 minutos para cumprir sua missão antes que o buraco de minhoca comece a desmoronar. Este fato se torna crucial para a segunda metade do filme.

CJ e Sebastian falham ao tentar manipular o passado. Calvin e Sebastian morrem durante a viagem. Por causa da ciência envolvida, CJ tem pouco espaço para erros enquanto faz outra jornada ao passado: ela tem que ser quase perfeita com seu gerenciamento de tempo. Felizmente, A Gente se Vê Ontem conecta efetivamente os pontos narrativos enquanto explica sua lógica de viagem no tempo e suas motivações.

O final

Resultado de imagem para see you yesterday

No final de A Gente se Vê Ontem, a morte de Sebastian traz Calvin de volta à vida. CJ luta com o drama de tudo isso, mas está plenamente consciente de que a ciência pode negar o que parece ser real. A propósito, um personagem de apoio chamado Eduardo torna-se importante, pois construiu uma placa de circuito quântico que pode beneficiar a missão.

A Gente se Vê Ontem explica a ciência por trás de sua invenção, que inclui uma emenda de tempo individual que permitirá que CJ evite seu passado em viagens de exploração de 10 minutos. Antes de CJ sair, Calvin diz: “Vejo você ontem.” Logo depois, Calvin se torna autoconsciente em um passado não muito distante e se sacrifica pelo bem maior.

Embora ele não possa entender o quadro maior, Calvin equilibra o enredo original e, inadvertidamente, traz Sebastian de volta à vida.

A Gente se Vê Ontem termina com CJ fazendo uma última viagem ao passado e figurativamente correndo em direção ao destino. Aconteça o que acontecer, ela está sempre conectada com seu irmão Calvin, algo evidenciado pelo cordão que usa em seu pescoço, um lembrete espiritual de seu irmão que não está necessariamente ligado à ciência.

A Gente se Vê Ontem está disponível na Netflix.