Vingadores: Ultimato desperdiçou a história do Ronin do Gavião Arqueiro. O arqueiro mais famoso da Marvel não apareceu em Vingadores: Guerra Infinita, em grande parte porque ainda estava em prisão domiciliar tendo assinado um acordo após os eventos de Capitão América: Guerra Civil. O presidente do Marvel Studios, Kevin Feige, afirmou que foi uma grande jogada e prometeu que a Marvel tinha grandes planos para o Gavião Arqueiro.

Na superfície, Vingadores: Ultimato parece cumprir a promessa de Feige. O enredo do longa-metragem se concentrou nos seis Vingadores originais, com cada membro da equipe tendo seu próprio arco de personagem. Para Clint Barton, as consequências do estalar de dedos de Thanos significavam que ele assumiu uma nova identidade de super-herói, Ronin, usando uma roupa preta e empunhando lâminas mortais em vez de seu tradicional arco e flecha.

Mas aqui está a pegadinha: enquanto a história do Gavião Arqueiro funcionava no início, após uma inspeção mais detalhada, percebe-se que Vingadores: Ultimato não deu à história do Ronin o tratamento que merecia. Foi compreensível: o longa tinha muito para abordar e alguma coisa tinha que perder espaço. Infelizmente, foi Ronin.


Como o Gavião Arqueiro se tornou Ronin

Resultado de imagem para hawkeye

Vingadores: Ultimato começou com uma cena assustadora e emocional em que Clint Barton foi confrontado com o horror do estalar de dedos de Thanos. Nenhum Vingador sofreu mais do que o Gavião Arqueiro: sua esposa e filhos foram apagados, em uma cena eficaz que mostrou o custo humano das ações genocidas de Thanos. Esse início estabeleceu um tom sombrio e a escala da ameaça que o universo enfrentava.

Avançando cinco anos, Vingadores: Ultimato revelou que Gavião Arqueiro havia se transformado. Ele foi mencionado pela primeira vez quando Máquina de Combate disse à Viúva Negra que conseguiu rastrear Clint até o México. Rhodey chegou um pouco atrasado e, em vez de encontrar Gavião Arqueiro, encontrou suas vítimas. Os assassinatos foram tão brutais que Máquina de Combate não tinha certeza se queria encontrar Clint. Mais tarde, foi revelado Gavião Arqueiro era um homem quebrado: irritado com a natureza arbitrária do estalar de dedos de Thanos, ele se dedicou a matar os culpados que deveriam ter morrido em vez de inocentes como sua esposa e filhos. Quando a Viúva Negra finalmente rastreou Clint no Japão, ela ficou abalada ao vê-lo matando um senhor do crime japonês.

Vingadores: Ultimato falhou com Ronin

Resultado de imagem para hawkeye

Viúva Negra persuadiu Ronin a retornar com ela para a sede dos Vingadores – e é aí que os problemas começam. É importante lembrar que o Gavião Arqueiro se tornou uma espécie de Justiceiro no MCU, um vigilante que usa seu treinamento de combate para matar aqueles que acredita que não merecem viver. Enquanto a maioria dos Vingadores nunca fez nada de muito radical, Clint foi mais longe nesta estrada do que qualquer um, junto com a Viúva Negra. E, no entanto, não apenas o resto dos Vingadores não comenta sobre isso, como também nem sequer parece desconfortável ​​com o Gavião Arqueiro. Máquina de Combate, o homem que viu em primeira mão o tipo de assassinato que Clint cometeu enquanto usava a máscara de Ronin, não faz um comentário sequer.

Não é particularmente incomum que o Capitão América se junte ao Justiceiro nos quadrinhos. Essas histórias são geralmente tensas e estranhas que iluminam o heroísmo do Capitão América e os métodos brutais que o Justiceiro emprega. Às vezes, o Capitão América parece ingênuo. Às vezes, o Justiceiro parece mais monstruoso do que os vilões que ele está ajudando a derrubar. A dinâmica entre essas duas morais contrastantes é sempre fascinante, e os escritores de histórias em quadrinhos a exploraram várias vezes. E ainda assim, embora o MCU tenha transformado o Gavião Arqueiro em um análogo do Justiceiro, o roteiro de Vingadores: Ultimato não conseguiu explorar a moralidade de tudo isso. Quando Clint chegou à sede dos Vingadores, era quase como se estivesse de volta ao normal, como se os últimos cinco anos de vigilantismo não tivessem acontecido. É verdade que os Vingadores sem dúvida entenderam por que Gavião Arqueiro mudou tanto, mas isso não significa necessariamente que devam perdoá-lo, e ainda menos se sentir confortável com isso, já que todos estariam perturbadamente cientes de como eles também haviam sido transformados pelo estalar de dedos de Thanos.

O problema é agravado no final de Vingadores: Ultimato, quando Gavião Arqueiro retorna para sua família. O filme claramente espera que os espectadores vejam isso como um momento de “felizes para sempre”, como se o mundo tivesse sido colocado em risco e o herói recebesse sua recompensa. Na realidade, é um pouco diferente, porque o Clint Barton que voltou para sua esposa e filhos é um assassino em série, um homem que por cinco anos aniquilou o submundo do crime. Esse tipo de experiência muda uma pessoa, e Gavião Arqueiro estaria carregando uma grande quantidade de bagagem que sobrecarregaria esse casamento. Mas a Marvel não parece ter se lembrado do quão sombrio era o caminho que escolheram para o Gavião Arqueiro.

O Disney+ pode redimir o Ronin?

Resultado de imagem para hawkeye

O Marvel Studios está atualmente trabalhando para expandir o MCU através de séries que serão transmitidas exclusivamente pelo Disney+. Um desses projetos é uma minissérie do Gavião Arqueiro estrelada por Jeremy Renner, descrita como uma “série de aventura” em que o super-herói passa o manto para sua sucessora, Kate Bishop. A Marvel ainda não confirmou a produção – o estúdio ainda mantém seus planos futuros em segredo até depois do lançamento de Homem-Aranha: Longe de Casa -, mas relatos e rumores têm sido bastante consistentes. Eles sugerem que o Gavião Arqueiro retornará da aposentadoria quando souber de uma nova arqueira vigilante que está derrubando criminosos em seu nome, presumivelmente Kate Bishop.

A minissérie tem o potencial de resgatar os fracassos da história do Ronin, forçando Clint a confrontar a verdade do que fez durante aquele período de cinco anos. Porque a questão é: qual versão do Gavião Arqueiro influenciou Kate Bishop? O Vingador ou o assassino em série? Se a Marvel escolheu essa última opção, então isso seria essencialmente uma história de redenção, com Gavião Arqueiro tentando afastar Kate Bishop desse caminho sombrio. Ao fazê-lo, ele também seria forçado a reconhecer a verdade de suas ações. É verdade que isso precisaria ser explorado com cuidado. Não há como qualquer uma das séries do Disney+ ser proibida para menores, afinal de contas. Mas um escritor habilidoso ainda poderia conseguir abordar os detalhes mais perturbadores de maneira mais implícita.

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.