Atenção! Contém spoilers de Vingadores: Ultimato.

O trailer mais recente de Homem-Aranha: Longe de Casa explora as consequências do eventos de Vingadores: Ultimato.

Dentre os efeitos das várias utilizações das Joias do Infinito, está a criação de um Multiverso da Marvel, com várias Terras alternativas surgindo a partir da linha do tempo original.


Já havia sido teorizado que Homem-Aranha: Longe de Casa seria o responsável por introduzir o conceito do Multiverso. Nick Fury, apresentando Mysterio como um herói de outra Terra, apenas confirmou a teoria.

A introdução de linhas do tempo alternativas e divergentes deixou muitos fãs pensando em como esses conceitos vão impactar o MCU daqui para a frente. Isso incluí os irmãos Russo, diretores de Vingadores: Ultimato, que não concordam com os roteiristas Christopher McFeely e Stephen Markus sobre as implicações do Multiverso na história do Capitão América.

Integração

Antes uma franquia coordenada ao máximo, o MCU agora corre o risco de sair dos trilhos. Ou correria. Com a supervisão constante de Kevin Feige, o presidente dos Estúdios Marvel, a transição tem tudo para ser um grande sucesso.

Um dos aspectos de maior sucesso do MCU é a habilidade do Estúdio de criar cuidadosamente os enredos de todos os filmes, e integrá-los na grande tapeçaria que é a franquia. O nível de planejamento de coordenação para a junção de uma quantidade tão grande de filmes, pode ser considerada uma das estratégias de maior sucesso na história de Hollywood. Vários outros estúdios tentaram repetir o sucesso da Marvel, muitos falhando no processo (quem se lembra do Dark Universe dos monstros da Universal?).

A introdução do conceito do Multiverso não é apenas o último componente a fazer parte do MCU, mas também a jogada mais ambiciosa dos Estúdios Marvel até agora.

Reflexos no Futuro

Além de Homem-Aranha: Longe de Casa, a ideia do Multiverso já foi anunciada em outros produtos da Marvel.

Uma das séries da Marvel anunciadas pelo Disney + é “Marvel’s What If?”, que deve explorar histórias clássicas das HQs em linhas do tempo alternativas.

Várias tramas interessantes estão sendo desenvolvidas. Em uma delas, Peggy Carter toma o Soro do Super Soldado e se torna o Capitão América enquanto Steve Rogers luta contra os nazistas usando uma armadura produzida por Howard Stark.

Um Loki alternativo e em posse do Tesseract também deve ter grande importância na futura série solo do vilão, também a ser exibida pelo Disney +.

Vingadores: Ultimato é realmente o fim de uma era do MCU. Servindo como conclusão para os arcos de personagens como Viúva Negra, Homem de Ferro e Capitão América, o filme também representou um novo começo para o MCU, expandido suas possibilidades em proporções quase infinitas.

O elenco confirmado de Vingadores: Ultimato inclui Robert Downey Jr, Chris Evans, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Mark Ruffalo, Paul Rudd, Don Cheadle, Bradley Cooper, Brie Larson, Karen Gillan, Josh Brolin, Gwyneth Paltrow, Jon Favreau e Tessa Thompson.

Anthony e Joe Russo (Vingadores: Guerra Infinita) retornam para a direção.

Vingadores: Ultimato está em exibição nos cinemas.