Desde o início, a Marvel tem tratado a Capitã Marvel como a personagem mais poderosa do MCU. Em diversas entrevistas e divulgações dos últimos filmes, as pessoas envolvidas com a Marvel tem falado de Carol Danvers como o próximo grande personagem do Universo Marvel após Vingadores: Ultimato, ocupando o espaço deixado por Tony Stark.

Com seus poderes ligados à Joia do Espaço, a Capitã Marvel é uma espécie de Joia do Infinito viva, sendo estabelecida, portanto como uma entidade cósmica com poderes quase que divinos. Mesmo assim, apesar da força da heroína, ao fim de Vingadores: Ultimato, quem parece ser realmente o ser mais poderoso do MCU é o titã Thanos.

Neste artigo vamos discutir o porque de Thanos ser o personagem mais poderoso de Vingadores: Ultimato e não a Capitã Marvel.


A Capitã Marvel não vence Thanos em batalha

Apesar do que se esperava, a Capitã Marvel não consegue derrotar Thanos sozinha em nenhum momento de Vingadores: Ultimato. No primeiro ato do filme, os heróis vão até o planeta em que Thanos resolveu se “aposentar” para matá-lo de uma vez por todas. Nessa cena, a Capitã Marvel tem grande destaque, já que ela imobiliza o titã para que os outros Vingadores o ataquem. Mesmo assim, percebe-se que ela tem muita dificuldade em paralisar Thanos , mesmo contando com a ajuda dos outros Vingadores.

De qualquer forma, esse confronto termina quando Thor decapita o já fragilizado Thanos. Se a Capitã Marvel e Thanos se enfrentassem aqui de forma justa, a heroína provavelmente venceria, já que Thanos estava extremamente debilitado pelo uso das Joias do Infinito. Mesmo assim, a dificuldade dela em lidar com o titã debilitado é uma prova da força gigante que ele emana mesmo enfraquecido.

Ao final do filme, a Capitã Marvel tem uma espécie de revanche contra o Thanos de 2014, mas mais uma vez sua fama de personagem mais poderosa do MCU não se justifica. Ela consegue lutar de igual pra igual com o titã, segurando diversos de seus golpes, mas no fim ele acaba triunfando sobre ela, o que deixa para Tony Stark e as Joias do Infinito a missão de eliminar Thanos de uma vez por todas.

O poder de Thanos

Em Vingadores: Ultimato, podemos acompanhar a versão de Thanos de 2014 em batalha no seu auge e sem as Joias do Infinito, diferente do que acontece em Vingadores: Guerra Infinita. O resultado é impressionante, já que mesmo sem as joias, Thanos consegue derrotar o Capitão América (mesmo com ele utilizando a Mjolnir), o Thor e o Homem de Ferro sem muitas dificuldades.

O momento em que Thanos chega mais próximo de perder um confronto direto é contra a Feiticeira Escarlate, que chega a praticamente derrotar o vilão até o momento em que ele vira o jogo, ordenando um bombardeio de suas naves. Sim, ele usa de um golpe sujo aqui, mas mesmo assim é impressionante que ele vença a Capitã Marvel e a Feiticeira Escarlate, ambas com poderes originados pelas Joias do Infinito.

No fim, é apenas com os esforços conjuntos de todos os Vingadores que Thanos é derrotado, o que prova que o titã de fato é o personagem mais poderoso do MCU, pelo menos até agora.

Vingadores: Ultimato segue em exibição nos cinemas.