O site Slash Film publicou um artigo sobre a decadência da carreira de Johnny Depp, e o reflexo da queda do ator para seus fãs.

Confira abaixo!

Retrospectiva

Johnny Depp costumava ser um dos atores mais importantes e influentes de Hollywood, associado com performances criativas e ousadas.


Agora, Depp é uma caricatura de seu antigo eu, um ator decadente que tenta se manter relevante a qualquer custo.

É bom lembrar que a carreira do ator contou com grandes sucessos que agradaram público e crítica.

Em filmes como Edward Mãos de Tesoura, Cry-Baby e Benny & Joon, o ator estabeleceu a imagem que se consolidaria no início da franquia Piratas do Caribe e em Sweeney Todd.

A queda

A decadência na carreira de Johnny Depp pode ter suas raízes observadas em 2010 e 2011, quando O Turista fracassou nas bilheterias e o ator interpretou mais um personagem caricato e exagerado em Alice no País das Maravilhas.

Nos anos subsequentes, Johnny Depp entediou o público com sua performance morna em Sombras da Noite, além de participar da infame bomba Cavaleiro Solitário.

O último papel “sério” de Johnny Depp foi em Aliança do Crime, lançado em 2015 e recebido com críticas moderadamente positivas.

Até mesmo filmes de grande alcance, como Assassinato no Expresso do Oriente e Animais Fantásticos não conseguiram revitalizar a carreira do artista.

Muito até pelo contrário, a contratação de Johnny Depp acabou prejudicando a franquia ambientada no mundo de Harry Potter.

Após as denúncias de agressão e violência doméstica feitas por sua ex-noiva Amber Heard, fãs da saga exigiram que ele fosse demitido. JK Rowling defendeu a contratação do ator, mas já era tarde demais.

O artigo da Rolling Stones

Mesmo em meio a uma fase extremamente tumultuosa de sua carreira, Johnny Depp resolveu dar uma entrevista extremamente polêmica e incriminadora para a revista Rolling Stone.

O artigo expõe detalhes da rotina do ator, contando com muito álcool em todos os pedidos do dia, drogas, banquetes luxuosos e um descaso geral com o rumo de sua carreira.

Talvez o ator tenha pretendido mostrar um lado mais humano para os fãs, porém a entrevista soou arrogante e Depp foi mostrado como um velho que tenta se agarrar à sua juventude perdida o quanto pode.

Aceitação

Se você é fã de alguém que decaiu aos olhos da sociedade, e se provou ser uma pessoa de baixo caráter, um período de luto é inevitável.

Os fãs de Johnny Depp devem decidir se continuarão apoiando a carreira do ator ou se vão abandonar completamente o ídolo.