ATENÇÃO: Contém spoilers de Homem-Aranha: Longe de Casa

Agora que Homem-Aranha: Longe de Casa chegou aos cinemas, o MCU e a Sony estudam diversos fatores sobre o futuro do Cabeça de Teia nas telas. Não só em termos da renovação do contrato entre os dois estúdios, mas – principalmente – sobre os rumos da história que o terceiro filme com Tom Holland deve assumir.

Rumores que têm aparecido constantemente na internet sugerem a presença de Deadpool ou Venom no terceiro filme. Na verdade, são menos rumores e mais desejos de fãs, especialmente agora que a Disney tem os direitos para os personagens da Fox, facilitando a presença do Mercenário Falastrão de Ryan Reynolds no MCU. Ao mesmo tempo, a Sony se viu com um sucesso inesperado com o filme solo de Venom com Tom Hardy, então o desejo de um crossover com Tom Holland é algo que a Sony deve almejar.


Mas verdade seja dita: Homem-Aranha 3 não precisa e nem deve trazer nenhum desses personagens.

O que Homem-Aranha 3 realmente precisa fazer

O final de Homem-Aranha: Longe de Casa deixa bem claro que a franquia pode seguir por um caminho que não envolva mercenários metalinguísticos ou simbiontes alienígenas. Até porque Venom tem seu próprio universo na Sony Pictures (que só deve crescer com Morbius e outros projetos baseados em vilões) e Deadpool, ainda que tecnicamente no MCU, precisa pertencer a um universo muito particular, e que lhe permita uma censura para maiores e brincadeiras com a quarta parede.

A continuação de Homem-Aranha: Longe de Casa promete algo diferente. Após o Mysterio de Jake Gyllenhaal ser derrotado e aparentemente morto na batalha de Londres, um vídeo é vazado para o site do Clarim Diário, onde Beck aparece revelando que o Homem-Aranha foi responsável pelo ataque de drones na Europa, e também que sua identidade secreta é a de Peter Parker. O vídeo é exibido em um grande telão em Manhattan, estabelecendo esse como o ponto de partida para a próxima aventura do Homem-Aranha nos cinemas, que ainda não tem previsão de estreia.

E o que podemos esperar de um terceiro filme solo do Homem-Aranha no MCU? Longe de Casa deixa estabelecido que Peter Parker e MJ serão um casal, já trazendo mais elementos à trama. Mas o mais importante, claro, é o fato de que sua identidade foi vazada para o público – e o fato de ter sido pelas mãos de J. Jonah Jameson (vivido novamente pelo grande J.K. Simmons, da trilogia de Sam Raimi) coloca oportunidades interessantes. Na era das fakes news, o Clarim Diário ter se tornado um site independente movido por um jornalista extremista parece uma ótima atualização, e também pode colocar Jameson como um potencial antagonista.

Nos quadrinhos, é J. Jonah Jameson quem financia o experimento para transformar Mac Gargan no vilão Escorpião, visando usá-lo para pegar e matar o Homem-Aranha. Como o personagem foi introduzido em Homem-Aranha: De Volta ao Lar, com o ator Michael Mando, não seria nenhuma surpresa se essa fosse exatamente a história que Jon Watts e a Marvel Studios queiram contar a seguir. É uma ótima premissa, e torço para que a Marvel encontre roteiristas capazes de executá-la apropriadamente, e que a revelação de Peter como Homem-Aranha não seja “só mais um” no universo compartilhado que geralmente é inconsequente com identidades secretas.

E quanto a Venom e Deadpool?

Deadpool não será afetado pelo acordo entre a Disney e a Fox. O personagem de Reynolds será o único personagem dos X-Men que não será rebootado, e deve ter seu terceiro filme confirmado em breve. Ele precisa existir em sua própria continuidade, e não precisa necessariamente aparecer em um filme do Homem-Aranha; seria mais interessante se o contrário acontecesse.

Quanto a Venom, o sucesso da Sony já está com a pré-produção de sua sequência em andamento. Tom Hardy e Michelle Williams reprisarão seus papéis do original, enquanto Woody Harrelson será o vilão Carnificina. A estreia está marcada para outubro de 2021, mantendo o universo isolado da Sony em seus próprios pés.

Porém, Kevin Feige disse recentemente que um crossover entre o Homem-Aranha de Tom Holland e o Venom de Tom Hardy é possível, e que dependeria da Sony Pictures para acontecer. Talvez isso aconteça, mas definitivamente não será – e não precisa – ser em Homem-Aranha 3.

Chega de simbiontes em terceiros filmes do Cabeça de Teia.