Com o passar do tempo, Hollywood vem abraçando a diversidade. Pantera Negra fez mais de US$1 bilhão com um elenco predominantemente negro, Star Wars, Capitã Marvel e diversas outras franquias agora são encabeçadas por mulheres e o mercado de super-heróis enfim começa a se aprofundar em mais representatividade nas telas.

Durante seu painel na San Diego Comic-Con deste ano, a Marvel Studios definitivamente mostrou que seguirá apostando em histórias cada vez mais diversas, com grande maioria de seus filmes trazendo mais e mais alternativas ao “herói caucasiano hétero”, afinal, o novo Capitão América será negro, sendo vivido por Anthony Mackie na série Falcão e Soldado Invernal.

A primeira grande novidade nos cinemas está com Os Eternos, filme que desde sua concepção foi descrito como algo mais diversificado em seu elenco. O misterioso papel principal ainda não foi revelado nem escalado, mas o MCU já deixou claro que pretende escalar algum ator/atriz homossexual, sendo também um dos primeiros heróis da Marvel a se encaixar nessa categoria tão mal representada no cinema mainstream. É um belo passo para o futuro, e não é o único novo território que a Marvel vai explorar no filme com Chloé Zhao.


Os Eternos traz um elenco altamente diversificado, contando com um ator paquistanês (Kumail Nanjiani), uma atriz latina (Salma Hayek), um ator coreano (Dong-seok Ma), um ator negro (Brian Tyree Henry) e uma atriz negra e muda (Lauren Riddlof). E alguns desses personagens, inclusive, sofreram alterações em etnia e gênero para suportar um elenco mais diversificado. A escolha de Chloé Zhao como diretora também é bem progressista, afinal ela é apenas a segunda mulher asiática a comandar um filme de super-heróis (Cathy Yen é a pioneira, com o ainda inédito Aves de Rapina), e não é como se mulheres a maioria na direção de longas do gênero. Mas o futuro está em construção.

God is a Woman

Falando em empoderamento feminino, temos a grande novidade envolvendo Thor: Love and Thunder, quarto filme do Deus do Trovão. Em certo momento da apresentação no último sábado, o diretor Taika Waititi e os astros Chris Hemsworth e Tessa Thompson anunciaram que e o longa introduziria a versão feminina do Deus do Trovão: Jane Foster, que será vivida por ninguém menos do que Natalie Portman, que interpretou a personagem nos dois primeiros filmes solo de Thor, e agora está de volta ao MCU com força total.

Portman apareceu no palco do Hall H da San Diego Comic-Con e literalmente levantou o Mjolnir, e os fãs já começam a especular sobre o que isso significa para o vindouro filme de Taika Waititi. Claro, os conhecedores dos quadrinhos não acham isso nem um pouco estranho, já que a ideia de Jane Foster assumir o martelo de Thor e se tornar a nova Deusa do Trovão já aconteceu nas HQs e agora promete mais uma grande heroína para o MCU – que já deve estar pensando no filme da A-Force, grupo que reúne as super-heroínas da Marvel e que foi indiretamente apresentado em Vingadores: Ultimato.

Thor: Love and Thunder também deve, finalmente, reconhecer a Valquíria de Tessa Thompson como bissexual. A Marvel já comentou a orientação sexual da personagem diversas vezes, mas nunca em um de seus filmes de fato, e Thompson arrancou aplausos ao afirmar que “Valquíria é o Rei de Nova Asgard, e agora precisa de sua Rainha”.

Isso porque ainda teremos mais uma aposta na representatividade étnica com Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings. Se Pantera Negra era o grande evento que celebrava um elenco negro, o filme do Mestre do Kung-Fu vai abraçar o cinema asiático – algo que deu muito certo para a Warner Bros com a comédia romântica Podres de Ricos, um dos maiores sucessos do ano passado.

A Marvel está cada vez mais diversa, em um caminho pavimentada pelos sucessos estrondosos de Capitã Marvel e Pantera Negra. Não há sinal disso diminuindo, afinal representatividade no cinema, quando bem feita, sempre garante maior interesse do público – que é, por natureza, mais diversificado do que a figura do homem caucasiano.

Você sabe como Vingadores: Ultimato preparou o terreno para as séries do MCU? Descubra TUDO o que sabemos sobre as séries da Disney+ e muito mais no Observatório de Séries. Além disso, confira o gameplay de Marvel Ultimate Alliance 3, que trará Thanos e a Ordem Negra de volta, no Observatório de Games!