Legion sempre foi tratada como uma versão alternativa do universo dos X-Men, nunca se misturando com a linha do tempo original retratada nos filmes, ou introduzindo os famosos mutantes vistos no cinema. Até a terceira temporada.

Na terceira – e última – temporada de Legion, tivemos a chegada do Professor Xavier (Harry Lloyd), que teve uma participação fundamental ao lado de seu filho – e protagonista da série – David Heller (Dan Stevens).

Felizmente, apesar de não se conectar diretamente aos X-Men, o último episódio de Legion deixou um final aberto que indica a possibilidade do surgimento do supergrupo de mutantes.


Em um artigo, o Digital Spy explicou como Legion introduziu os X-Men em seu último episódio.

O final de Legion

No Capítulo 28, último episódio de Legion, David Heller voltou ao passado para enfrentar o Rei das Sombras (Navid Negabhan), que é o grande vilão da série. No fim das contas, o Professor Xavier conseguiu chegar à uma espécie de acordo com o Rei das Sombras, que prometeu deixar a família Xavier em paz.

Logo depois, uma mutante chamada Switch (Lauren Tsai), corrige a linha do tempo de Legion entrando na quarta dimensão, impedindo o fim do mundo e fazendo com que tudo corra dentro da normalidade a partir de agora. Ou seja, o último episódio de Legion reescreve a história das três temporadas da série, mudando o passado e criando uma nova linha do tempo.

Nessa nova linha temporal, o Professor Xavier decide se dedicar ao seu filho David, que reaparece ao final do episódio como um bebê. Pela primeira vez, Xavier finalmente poderá dar ao seu filho o amor e carinho que ele sempre precisou, impedindo assim que os eventos apocalípticos de Legion – em parte causados pela loucura de David – aconteçam.

Porém, não é só essa questão que o final de Legion resolve. Ele também abre margem para o surgimento dos X-Men.

Professor Xavier e os X-Men

Em uma das últimas cenas da série, o Professor Xavier disse algo que deixou os fãs de Legion intrigados. Em uma conversa com sua esposa, ele afirma, “Chega de viagens, chega de derramamento de sangue. Eu sempre quis ser um professor.”

Essa fala foi uma referência clara à Escola Xavier para Jovens Superdotados, local em que o Professor Xavier abriga jovens mutantes e os ensina a controlar seus poderes, criando assim os X-Men, um grupo de mutantes de elite.

Portanto, mesmo evitando se conectar diretamente com o universo principal dos X-Men, Legion termina indicando que os X-Men passarão a existir naquele universo, estabelecendo que eles não existiam antes, e que, com as mudanças temporais causadas, agora eles passarão a existir graças a orientação de Xavier.

Com a compra da Fox por parte da Marvel, ainda não se sabe se os personagens de Legion e seu universo serão utilizados no MCU. De qualquer forma, a série trouxe um final em aberto, que deixa diversas possibilidades na mesa que podem ser exploradas no futuro.

Você sabia que os mutantes podem ser introduzidos no MCU por meio de uma série? Pode até ser que os X-Men apareçam em WandaVision! Saiba como o clássico desenho animado dos X-Men pode voltar e porque a nova série de Joss Whedon vai levar os “mutantes” antes para a HBO no Observatório de Séries.

As duas primeiras temporadas de Legion estão disponíveis na Netflix. O último episódio da 3ª temporada foi ao ar na última segunda-feira, 12.