Com toda a controvérsia em torno da saída do Homem-Aranha do MCU, muitas dúvidas em torno da franquia acabam surgindo.

É certo que a Sony terá problemas em lidar com o personagem daqui para frente, já que é muito difícil separar o Homem-Aranha de Tom Holland dos eventos da Marvel, muito pelo fato de quase toda a história do personagem estar totalmente ligada a esse universo.

Com toda essa complicação, como a Sony vai conseguir levar a franquia Homem-Aranha adiante? Será que a solução é fazer um reboot, excluíndo o Homem-Aranha de Tom Holland esse universo, ou existem outras soluções menos traumáticas – e mais lucrativas?


A verdade é que um reboot completo seria bem traumático para a franquia Homem-Aranha. Tom Holland é um ator que deu certo no papel de Peter Parker e Homem-Aranha: Longe de Casa se mostrou um sucesso completo, sendo o filme mais lucrativo do personagem até hoje.

Portanto, é quase impossível que a Sony abra mão de Tom Holland no papel do Homem-Aranha, o que obrigatoriamente também descarta a possibilidade de um reboot – pelo menos do jeito que imaginamos.

Em um artigo, o CBR discutiu um possível reboot da franquia Homem-Aranha na Sony.

A solução é o Aranhaverso?

Qual é a solução então? Bem, a verdade é que a Sony pode ter a solução dentro de seu próprio estúdio, que é utilizar de fato os personagens do universo Homem-Aranha para construir algo maior.

Os grandes críticos do Homem-Aranha de Tom Holland dizem que o personagem é o “Homem de Ferro Jr.” e isso pode ser usado a favor da Sony. Ao invés de seguir a tendência do MCU em transformar Peter no novo Tony Stark, a Sony pode mudar completamente os rumos do personagem, afastando-o desse papel e introduzindo-o de verdade aos seus vilões clássicos, como Venom e Norman Osborn.

Podemos dizer então que a solução da Sony é fazer um “soft reboot” na franquia Homem-Aranha, ou seja, manter o mesmo ator, mas dar um rumo completamente diferente para a história, afastando-o dos vilões ligados a Tony Stark – como Abutre e Mysterio – e colocando-o para enfrentar os vilões do Aranhaverso.

Venom 2 está chegando, assim como Morbius – com Jared Leto. Homem-Aranha: No Aranhaverso se mostrou um grande sucesso. Tudo isso aponta para um caminho bem lucrativo para a Sony, que pode iniciar um universo compartilhado com esses personagens de Homem-Aranha, incluindo o Peter Parker de Tom Holland nessas histórias.

Utilizando o MCU de base, a Sony pode conseguir dar novos rumos ao seu principal herói, utilizando uma versão do Homem-Aranha que o público já gosta para enfrentar grandes vilões, como Venom, Carnificina e Duende Verde. Veremos como isso vai acontecer na prática.