Assim como seu personagem Rocky Balboa, que saiu do nada para se tornar o maior lutador de boxe do mundo, o ator Sylvester Stallone teve que vencer muitos obstáculos em sua vida para se tornar um grande astro de Hollywood.

Hoje ele é conhecido como a grande estrela de Rocky Balboa e Rambo, mas esse não é o único lado da vida de Sylvester Stallone. Com dificuldades na infância e tragédias pessoais durante a vida adulta, o astro luta para vencer seus traumas diariamente.

O Nicki Swift contou toda a história de vida trágica de Sylvester Stallone e nós separamos os principais pontos para você.


Infância difícil

As dificuldades de Sylvester Stallone já começaram no dia em que ele nasceu. Por conta de um parto complicado, o ator acabou sofrendo de uma paralisia nos nervos faciais, o que resoltou na maneira “rosnada” de falar que o ator apresenta até hoje. Por muitos anos, Sylvester Stallone achou que não conseguiria se dar bem como artista justamente por conta desse problema.

As dificuldades na infância do astro de Rocky não pararam por aí. O astro também já revelou que sofria bullying na infância, além de ter tido um tratamento bem difícil por parte de seus pais. De acordo com Sylvester Stallone, sua mãe o beijou apenas em duas ocasiões na infância e seu pai costumava bater nele com frequência.

Início de carreira

No início dos anos 70, Sylvester Stallone estava totalmente falido. O ator vivia de empregos temporários e mal remunerados e tinha uma dificuldade extrema em ingressar no mercado cinematográfico.

Desesperado, o astro de Rambo aceitou participar de um filme pornográfico, que nem chegou a ser lançado na época. Por sorte, ele acabou tendo a ideia de Rocky Balboa, que foi um grande sucesso e que finalmente alavancou sua carreira e o tirou da miséria.

Tragédias pessoais

Agora que Sylvester Stallone tinha se tornado uma estrela, os problemas de sua vida estariam praticamente resolvidos, certo? Errado. Ao longo de sua vida adulta, o astro ainda teve que lidar com diversos traumas terríveis.

Durante as filmagens de Rocky 4 (1985), o astro quase morreu pelas mãos de Dolph Lundgren, que deu à ele um soco tão forte que quase chegou a parar seu coração. Apesar do acidente, Lundgren e Sylvester Stallone continuam amigos até hoje.

Nos anos 80, Sylvester Stallone também teve que lidar com o autismo de seu filho, Seargeoh, em uma época em que estudos sobre o transtorno nem eram tão avançados. Na época, o ator disse à revista People que se ressentia muito com a dificuldade em se comunicar com seu filho. Felizmente, o astro conseguiu superar essa barreira estudando muito sobre o assunto, como ele mesmo diz.

O maior trauma de Sylvester Stallone veio em 2012. Aos 36 anos, seu filho mais velho, Sage, morreu em decorrência de um ataque cardíaco. Sage ia se casar na época e tinha um futuro promissor, tendo aparecido inclusive em Rocky 5 (1990) ao lado de seu pai.

Stallone continua lutando

Sylvester Stallone ainda teve outros problemas graves e complexos ao longo de sua vida. Na mesma época da morte de seu filho, sua outra filha, Sophia, passou por uma delicada cirurgia no coração. Felizmente, ela acabou sobrevivendo.

Sylvester Stallone também nunca teve sorte com animais de estimação – em 2013 seu cachorro morreu pelas mãos de um coiote – e também nunca teve sorte com seus familiares, que sempre deram problemas de uma forma ou de outra.

Em 2016, o meio-irmão de Sylvester Stallone, Dante, quase morreu espancado em um campus universitário na Flórida. Além disso, sua meia-irmã, Toni Ann Filiti sempre teve uma relação conturbada com o astro, processando-o e chantageando-o em diversas ocasiões ao longo da vida. Já em 2019, temos o problema mais recente de Sylvester Stallone, que é com seu padrasto, o Dr. Stephen M. Levine, que está sendo acusado de fraude no sistema de saúde americano.

Depois de todos esses traumas, esperamos que Sylvester Stallone tenha a oportunidade de levar uma vida tranquila em algum momento. Assim como Rocky, que está se aposentando, já passou da hora do astro parar de lutar e começar a viver de fato.