Se você achou que Pennywise, grande vilão da franquia IT: A Coisa, era o palhaço mais assustador que você já viu, pense novamente.

Pennywise é aterrorizante, com certeza, mas por mais traumatizado que você esteja com os filmes, pode se consolar com o fato de que o palhaço dançarino não é real.

No entanto, o palhaço Wrinkles, por outro lado, é muito, muito real.


A origem

Wrinkles viralizou na Flórida, em 2014, quando um vídeo arrepiante em preto e branco mostra o palhaço surgindo debaixo da cama de uma garotinha, antes que ele desligue a câmera de segurança.

Logo, ele estava aparecendo em todos os lugares e sendo filmado em vários vídeos perturbadores. Existe até um canal no YouTube dedicado a suas aparições.

A verdade

Tudo não passava de uma brincadeira. Wrinkles explicou que foi contratado pelos pais da garota para que, se ela se comportasse mal, eles mostrassem o vídeo ameaçando trazê-lo volta.

Após a viralização, as pessoas começaram a criar suas próprias versões, ou até contratar o palhaço para assustar seus filhos.

De qualquer forma, como bem conhecemos a internet nos dias de hoje, Wrinkles por algum tempo se tornou uma figura realmente assustadora para o público.

O documentário

Agora, o mistério de Wrinkles será totalmente revelado em um novo documentário, que será lançado nos EUA em 4 de outubro.

“Com acesso à incrível mente por trás da máscara, ‘Wrinkles, o Palhaço’ é uma exploração enigmática e divertida dessas questões, além de uma visão interna da construção de mitos e da propagação imprevisível da imaginação na era da internet”, diz a sinopse.

No trailer, o homem explica que se transformou nessa figura assustadora porque ninguém o contratava quando era apenas um palhaço comum.