Netflix está com problemas em 2019, e tudo indica que Stranger Things é uma de suas últimas forças.

Neste ano, a Netflix sofreu sua primeira grande perda de assinantes desde 2011, já que esperava-se que o serviço de streaming conseguisse mais 5 milhões de assinantes nesse ano – e ele obteve apenas 2,7 milhões.

Apesar desse número ainda ser impressionante, a Netflix está tendo mais rivais à sua espreita – Hulu, HBO Max, Disney+ – e quedas desse tipo podem acabar prejudicando a plataforma no futuro. Porém, em um levantamento feito pelo Bank of America Merrill Lynch e divulgado pelo Digital Spy, ficou evidente que a Netflix vai se recuperar – e que Stranger Things será fundamental nesse processo.


Stranger Things é a grande força da Netflix

De acordo com a empresa de pesquisas Sensor Tower, a Netflix teve um aumento de 18% em downloads no terceiro trimestre desse ano, o que é um número bem elevado se comparado ao aumento de 6% do ano passado. O lançamento da 3ª temporada de Stranger Things em julho é o principal responsável por isso.

Além disso, em outra pesquisa, esta realizada pelo Cowen & Co, foi constatado que 13% de ex-assinantes da Netflix decidiram voltar para a plataforma para assistir Stranger Things, e 5% de não-assinantes decidiram assinar a Netflix apenas para ver a série, que teve um aumento de 21% de audiência nessa nova temporada – de acordo com números do Nielsen.

Com 12,8 milhões de espectadores em sua 3ª temporada, Stranger Things também foi responsável pelo impressionante número de 824 mil pessoas nos EUA que assistiram os novos episódios em um só dia, ignorando completamente as festividades do feriado do dia 4 de julho.

A Netflix sabe que não consegue produzir todas as séries com o sucesso de Stranger Things, mas no fim das contas a produção serve como um exemplo para as outras da plataforma. Para vencer o Disney+, a Netflix vai precisar continuar investindo em programação original de qualidade, e Stranger Things hoje é o maior exemplo disso.

Com um plano de produzir 100 séries internacionais – que não são faladas em inglês – até o fim de 2019, a Netflix também espera conquistar ainda mais o mercado internacional. Mesmo assim, é justo dizer que Stranger Things ainda é a pedra fundamental do serviço de streaming.

As três temporadas de Stranger Things estão disponíveis na Netflix.