Cuidado! Contém spoilers da 3ª temporada de 13 Reasons Why.

13 Reasons Why nunca fugiu da polêmica, e apesar disso ter dado a série muito sucesso, alguns momentos acabaram prejudicando sua imagem perante ao público.

Se na 1ª temporada de 13 Reasons Why o problema foi a retratação gráfica do suicídio de Hannah Baker e na segunda foi o foco na violência contra o jovem Tyler, o problema da terceira temporada acabou sendo a abordagem dada para a história de Bryce Walker.


Bryce Walker, o violento aluno de Liberty High, cometeu diversos crimes durante as duas primeiras temporadas, estuprando Hannah, Jessica e Chloe. Como punição, o jovem recebeu apenas uma pena de 3 meses na condicional, mas a nova temporada da série trouxe uma castigo bem maior, que foi a morte do personagem.

Para construir o mistério em torno de sua morte, 13 Reasons Why tentou humanizar o monstro que é Bryce Walker, transformando-o em um personagem que também é digno de pena. O problema é que isso não funcionou nem um pouco.

Em um artigo, o ScreenRant discutiu a falha de 13 Reasons Why em desenvolver o personagem de Bryce.

Bryce Walker, o monstro?

Na nova temporada, 13 Reasons Why tenta “explicar” o porquê de Bryce ser tão violento, mostrando que ele sofria bullying na escola e enfrentava problemas com o álcool. Para tentar humanizar o personagem, a série mostra os eventos sobre o ponto de vista de Ani, uma garota que tinha um interesse especial em Bryce.

O problema de 13 Reasons Why tentar mostrar o lado bom de Bryce é o fato de que esse lado bom não existe. Ao longo das primeiras temporadas ele nunca demonstrou nenhum remorso pelo suicídio de Hannah e pelo sofrimento de Jessica, pelo contrário, ele sempre agiu da maneira egoísta e nunca considerou os sentimentos de outras pessoas.

Se as duas primeiras temporadas de 13 Reasons Why tivessem mostrado alguma nuance em Bryce, tudo seria diferente, mas no fim das contas, esse novo lado do personagem acabou sendo extremamente forçado.

Ao invés de focar em Bryce, 13 Reasons Why deveria ter contado a história de superação de Jessica. Dar tanto tempo de tela e tentar “redimir” um abusador não é uma postura correta para uma série que se preocupa de verdade com o abuso sexual.

Redenção e perdão são importantes, mas tentar criar um lado bom para um personagem que nunca demonstrou qualquer empatia por outra pessoa foi o grande erro da 3ª temporada de 13 Reasons Why.

13 Reasons Why tem culpa? Entenda porque os problemas da série são maiores que as estatísticas! Veja Katherine Langford explicar porque Hannah não voltará para a 3ª temporada no Observatório de Séries. Além disso, saiba o que já sabemos sobre a 4ª (e ÚLTIMA) temporada do show!

13 Reasons Why está disponível na Netflix.