Dentre todos os mutantes do universo X-Men, temos heróis amados e odiados, poderosos e inteligentes, mas apenas um mutante foi chamado de “pior de todos os tempos”, pela própria Marvel.

Este herói azarado é Bailey Hoskins, o mutante protagonista da HQ “Pior X-Men de todos os tempos”, de 2016, escrita por Max Bemis e Michael Walsh. Apesar de ser uma espécie de chacota, o personagem, que só apareceu nessa minissérie, também conseguiu ter seu momento de bravura nos quadrinhos da Marvel.

Em um artigo, o CBR contou a história de Bailey Hoskins, o pior X-Men de todos os tempos.


Quem é Bailey Hoskins?

Na minissérie “Pior X-Men de todos os tempos” conhecemos Bailey Hoskins, um garoto normal que vive sua vida como um simples estudante do ensino médio. Porém, tudo muda quando Bailey descobre que seus pais são mutantes, o que significa que ele certamente despertará alguma habilidade no futuro.

Feliz com a possibilidade de se juntar aos X-Men, Bailey tem uma triste revelação: Seus poderes são os piores possíveis. O jovem rapaz descobre que seu poder mutante consiste em gerar uma grande quantidade de energia e explodir logo em seguida sem nenhuma possibilidade de regeneração, ou seja, ao explodir, ele morre.

Decidindo não usar seus poderes para nada, Bailey sofre um duro golpe logo em seguida. Ao sair do Instituto Xavier, o garoto vê seus pais sendo assassinados pelos Sentinelas sem poder fazer nada. Sem lugar para onde ir, Bailey é convidado pelo Fera, um dos líderes dos X-Men, a se tornar um dos estudantes do Instituto Xavier, convite que o garoto aceita.

O pior X-Men de todos os tempos

Ao entrar para o Instituto Xavier, as coisas só pioram para o pobre Bailey. Ofuscado pelas habilidades extraordinárias de seus colegas mutantes, Bailey não se encaixa em nenhuma equipe dos X-Men, sempre causando problemas para seus aliados. A única amiga que Bailey consegue cultivar é a jovem mutante Miranda, que tem o poder de controlar o tempo e a realidade.

Toda essa má sorte chega ao auge quando Bailey é capturado por Magneto, que o obriga a trabalhar para a Irmandade de Mutantes e assassinar o Professor Xavier. No fim, Bailey se recusa, mas seu ex-companheiro, Riches – que era um servo de Magneto infiltrado no Instituto Xavier – acaba matando o líder dos X-Men sozinho.

O que aconteceu com Bailey?

Depois de alguns anos, a minissérie do “Pior X-Men de todos os tempos” revela que Riches se tornou um conquistador, eliminando todos os mutantes que se opuseram a ele e destruindo os X-Men. Neste futuro apocalíptico, Bailey segue vivo.

Convidado para uma festa promovida por Riches – que chama Bailey apenas para provocá-lo – Bailey reencontra sua velha amiga Miranda, que revela que toda a linha do tempo do universo Marvel estava sendo controlada por ela nesse tempo todo, e que ela precisava que Bailey aparecesse naquele evento para encerrar sua história de maneira digna.

Entendendo o recado, Bailey usa seus poderes em sua totalidade pela primeira vez, matando Riches – e se destruindo no processo – e salvando o mundo das garras do vilão. Logo depois disso, Miranda “reinicia” a linha do tempo, corrigindo todo o cenário apocalíptico gerado. Bailey pode ter sido o pior X-Men de todos os tempos, mas ao menos no fim, ele também conseguiu ser um herói.

Você viu que o elenco de Quarteto Fantástico foi divulgado para uma nova série da Marvel? Você sabia que Deadpool pode virar uma série da Disney+? E que uma série do Magneto está em desenvolvimento? Confira a nova série de Joss Whedon vai levar os “mutantes” antes para a HBO e muito mais no Observatório de Séries.