Após o polêmico Os Últimos Jedi, que desagradou grande parte dos fãs de Star Wars, A Ascensão Skywalker tem como objetivo trazer novamente o prestígio a franquia, além de dar um fim a atual saga nos cinemas.

No entanto, o possível final da saga Skywalker pode trazer a tona elementos do passado que alterariam o legado de Anakin como conhecemos. Entenda:


A redenção

Uma das cenas mais memoráveis ​​de Star Wars se passa em O Retorno de Jedi, quando Darth Vader, indo contra tudo que os fãs tinham visto até aquele momento, se liberta do Lado Escuro da Força. Ele escolhe salvar seu filho, Luke, matando o imperador Palpatine.

A cena da morte de Darth Vader na batalha mostrou que ele havia sobrevivido a décadas de doutrinação, atos de violência e ódio dos Sith, conseguindo ressurgir por um último ato de bondade que também o matou, mas salvou a galáxia.

O legado

O trailer e imagens divulgadas de Star Wars: A Ascensão Skywalker, mostraram os quatro elementos que deveriam ter morrido com Vader:

O sabre de luz de Anakin, que parece reparado e é empunhado por Rey; A máscara de Kylo, ​​uma substituta da de Vader; as ruínas da Estrela da Morte II erguendo-se acima de um oceano furioso, e a voz do suposto imperador falecido.

Em outras palavras, o passado está voltando à vida novamente e ameaça não só canibalizar as novas gerações apresentadas nessa nova trilogia, mas também arruinar o legado estabelecido.

Retorno de Anakin

Embora tecnicamente ainda existam dois personagens da linhagem Skywalker – Leia e Ben Solo / Kylo Ren – eles nunca usaram esse sobrenome, e este também deve ser o último filme de ambos.

Luke entrou calmamente na Força, sem pecados terríveis no passado que justificassem um retorno dramático, de modo que Anakin Skywalker se torna o centro de toda a saga.

Embora Darth Vader tenha se purificado de seus crimes matando o Palpatine, Anakin Skywalker também teria que se redimir revertendo seus atos.

Onde matou, ele deveria tentar ressuscitar, e onde tentou aproveitar da Força para cumprir seus objetivos, ele teria que deixá-la ir.

Se seguirmos essa lógica até seu estágio final, isso significa que Hayden Christensen pode retornar como um Fantasma da Força para salvar Rey ou Ben Solo de Palpatine.

Fim da saga Skywalker

No processo, ele realmente teria que deixar a Força, marcando o final da saga Skywalker e abrindo espaço para uma nova geração de Star Wars.

No entanto, isso também pode acabar arruinando todo o legado de Anakin / Darth Vader como conhecemos, já que dar um novo fim ao personagem tiraria o peso de tudo que já aconteceu com ele.