Projeto Gemini, de Ang Lee, foi um fracasso nas bilheterias durante seu fim de semana de estreia, e aqui damos uma olhada no porquê. Depois de passar anos em desenvolvimento, o filme de ficção científica e ação finalmente ganhou força quando Lee e Will Smith assinaram contrato em 2017.

Projeto Gemini chegou aos cinemas no fim de semana passado, na esperança de continuar o que tem sido um bom ano até agora para Smith. No início deste ano, Aladdin se tornou o filme de maior bilheteria do astro em sua carreira (que inclui vários sucessos nas bilheterias).

Infelizmente, Projeto Gemini ficou aquém das expectativas. Friamente recebido pela crítica, o longa de Lee não conseguiu atrair o público.


Projeto Gemini arrecadou apenas US$ 20,5 milhões no mercado dos Estados Unidos nos primeiros três dias, bem atrás do atual campeão Coringa (US$ 55 milhões) e até mesmo do novo filme de animação A Família Addams (US$ 30,3 milhões).

Houve um momento em que qualquer filme de gênero estrelado por Will Smith era ouro nas bilheterias, mas esse não é mais o caso. Quanto ao que aconteceu com o Projeto Gemini, existem algumas das principais razões pelas quais fracassou.

Competição complicada

Em primeiro lugar, Coringa está fazendo um sucesso absurdo. Mesmo antes de Coringa chegar aos cinemas, o filme já vinha sendo muito discutido, tornando-se um pára-raios para controvérsias e debates acalorados.

Obviamente, o discurso de Coringa só se intensificou ao ser aberto ao público em geral, o que beneficiou suas perspectivas comerciais. O Coringa quebrou vários recordes em sua estréia, ganhando impressionantes US$ 96 milhões no mercado norte-americano.

Com o filme continuando a dominar as conversas da cultura pop e fazendo barulho no circuito de prêmios, os negócios não vão desacelerar tão cedo. De fato, os US$ 55 milhões de Coringa são um recorde histórico de outubro para o segundo final de semana de um filme.

Mas mesmo assim, Projeto Gemini poderia ter uma chance (ou pelo menos ser capaz de se sustentar) se tivesse sido melhor recebido. O filme foi atormentado por críticas negativas, por isso era difícil chamar isso de algo imperdível nos cinemas.

Embora Projeto Gemini tenha sido manchete por seus efeitos especiais inovadores e tentativas de refinar a alta taxa de quadros, o público tinha poucos motivos para atrair as pessoas. O boca-a-boca e o burburinho eram praticamente inexistentes, então Projeto Gemini não teve chance.

Mesmo que Coringa tivesse estreado há várias semanas e Projeto Gemini não tivesse enfrentado muita concorrência, as chances são de que o filme de Lee ainda teria tropeçado. O fato de não poder superar A Família Addams (que também não foi amado pela crítica) nos revela muito.

Prejuízo à vista

A única chance que Projeto Gemini tinha para se tornar um sucesso é se fosse elogiado por ser uma produção de cinema revolucionária que exigia ser assistida numa tela bem grande. Mas esse não é o caso.

O que tudo isso significa é que Projeto Gemini terá dificuldades para recuperar seu orçamento de produção de US$ 138 milhões e obter lucro. A metade de outubro vai ser relativamente suave quando se trata de lançamentos de alto nível (Zumbilândia 2 é a única grande estreia que resta), mas como Projeto Gemini faturou apenas US$ 20,5 milhões, não terá pernas fortes nas bilheterias.

É uma infeliz reviravolta para um filme que passou o que parecia uma eternidade em desenvolvimento. Esperamos que tanto Ang Lee quando Will Smith tenham mais sucesso futuramente.

Projeto Gemini está em cartaz no Brasil. O longa é estrelado por duas versões de Will Smith.