Com a introdução de Dane Whitman/Cavaleiro Negro (Kit Harington) em Os Eternos, novo filme da Fase 4 do MCU, é possível que a Marvel comece a introduzir os X-Men na franquia.

Com sua Espada de Ébano encantada, Dane Whitman é o herdeiro do legado de diversos Cavaleiros Negros, que existiram em momentos diferentes da história, desde os dias do Rei Arthur, onde Sir Percy de Scandia se tornou o primeiro Cavaleiro Negro. Se a Marvel decidir explorar esse legado, é possível que mutantes antigos sejam introduzidos na franquia, abrindo as portas para a chegada dos X-Men.

Em um artigo, o ScreenRant falou sobre como o Cavaleiro Negro pode introduzir os X-Men no MCU – ou mostrar que eles já existem.


Um Cavaleiro Negro encontrou mutantes da antiguidade

Um dos Cavaleiros Negros mais notáveis foi Eobar Garrington, que atuou durante os séculos 11 e 12. Servindo o Rei Richard, Eobar foi enviado para investigar “poderes antigos” e um local desértico chamado Akkaba. Lá, o Cavaleiro Negro descobriu a existência de alguns mutantes da antiguidade, que são muito conhecidos nos quadrinhos da Marvel.

Apesar dos mutantes dos X-Men terem se tornado ativos majoritariamente no século 20, alguns personagens já exibiram o gene mutante em momentos anteriores. Um deles é o mutante Apocalipse, que governava Akkaba, e acabou entrando em conflito com Eobar, o Cavaleiro Negro.

Intrigado, o Apocalipse decide enviar seus servos atrás do Cavaleiro Negro, mas seu maior interesse acaba sendo por Bennet du Paris, que tem um gene mutante poderoso que acaba sendo ativado por Apocalipse, transformando-o no mutante chamado Exodus, um dos mais poderosos dos quadrinhos da Marvel.

Será que existem mutantes antigos no MCU?

Os X-Men podem ser introduzidos no MCU justamente por essa história do Cavaleiro Negro. Em Os Eternos, a Marvel pode desenvolver a ideia de que os Celestiais criaram o gene mutante – ao mesmo tempo em que criaram Os Eternos – e que mutantes existem na Terra desde a antiguidade.

Exodus – que é um personagem bem interessante – poderia ser introduzido como um exemplo de mutante antigo, e a Feiticeira Escarlate – que teve sua origem mudada no MCU – poderia ser utilizada com um exemplo de mutante moderno. Essa seria uma maneira interessante de explicar que os mutantes de X-Men sempre existiram na Marvel e que eles só não tinham sido descobertos ainda.

O Cavaleiro Negro e Sersi podem encontrar Exodus

Para introduzir o mutante Exodus no MCU, a Marvel pode simplesmente copiar os quadrinhos. Sersi, que estará presente em Os Eternos e é uma notória amante do Cavaleiro Negro nos quadrinhos, possui poderes para viajar no tempo e essas habilidades poderiam ser utilizadas para que Dane Whitman encontrasse Exodus.

Nos quadrinhos da Marvel, Dane Whitman consegue ocupar o corpo de outros Cavaleiros Negros antigos por meio de viagem no tempo. Esse conceito poderia ser introduzido no MCU, permitindo que Dane e Exodus se encontrassem, e a origem antiga dos mutantes fosse explicada.

Com isso, Exodus seria estabelecido como uma grande ameaça dentro da franquia, preparando o terreno para que ele se torne um vilão importante dos X-Men no futuro.

Os Eternos estreia em 6 de novembro de 2020.