A morte de Tony Stark em Vingadores: Ultimato mexeu com as emoções dos fãs. O sacrifício do herói cumpriu com maestria seu arco como personagem, e garantiu um adeus de respeito para Robert Downey Jr.

Uma cena deletada, no entanto, deixaria tudo ainda mais triste. Os fãs da Marvel puderam conferir a cena inédita no Disney+, novo serviço de streaming lançado nos Estados Unidos nesta semana.

Confira tudo sobre a tocante cena abaixo!


Vida após a morte

A cena em questão mostra Tony Stark ingressando no pós-vida após salvar a humanidade das forças de Thanos.

É no “paraíso” que Tony se encontra com uma versão adulta de sua filha Morgan, interpretada por Katherine Langford, a Hannah de 13 Reasons Why.

A cena começa com Tony Stark acordando sozinho em um reino calmo e desconhecido. Na mesma hora, ele percebe que seus amigos já não estão presentes, e que ele não está mais em posse da Manopla do Infinito.

É nessa hora que Morgan faz sua aparição.

Pai e filha

Tony Stark inicialmente não reconhece Morgan. Quando ele pergunta quem ela é, a jovem responde dizendo que os dois são “muito próximos”. Nesse momento, Tony percebe que está falando com a própria filha.

O rosto de Tony Stark aparece cheio de emoção ao olhar para a filha que nunca poderá ver crescer. É aí que ele admite estar pensando se tomou a decisão certa em se sacrificar.

“Estou com medo de ter cometido um erro”, afirma Stark. “Eu sei. E será díficil para você deixar isso para lá. Mas alguém tinha que fazer isso, para que o resto de nós pudesse viver”, responde Morgan.

Orgulhosa

Morgan afirma também estar muito orgulhosa do pai. É essa fala da filha que deixa Tony Stark finalmente sem palavras.

“Sou forte, como a mamãe. E estou feliz. Estou feliz pelo tempo que passamos juntos e pela maneira como você sempre esteve lá por mim, até que não pôde mais”, se emociona Morgan Stark.

A cena termina com Stark abraçando a filha e dizendo: “Se você está feliz eu estou feliz. Te amo 3.000”.

Por que a cena foi cortada?

Embora seja uma sequência muito emocionante, a cena de Tony e Morgan Stark foi cortada da versão final de Vingadores: Ultimato.

Em entrevista ao THR, os diretores Joe e Anthony Russo revelaram o motivo, que é mais simples do que muita gente imagina.

“Em um filme de grande duração como esse, quando você tem um final, depois mais um final, e depois mais um, pode parecer que nunca vai acabar. Colocar várias sequências como essa, uma depois da outra, diminui o valor de cada uma”, afirmou Anthony Russo.

Essa tendência citada pelo diretor pode ser observada em Senhor dos Anéis e o Retorno do Rei, que conta com vários “finais” exibidos um após o outro.