A confirmação de Maxwell Lord em Mulher-Maravilha 1984, onde o personagem será interpretado por Pedro Pascal (Game of Thrones), deixou os fãs mais antigos da Liga da Justiça em alerta.

Antes de se tornar um vilão da DC, Maxwell Lord era um herói dentro das histórias da revista, sendo inclusive o responsável pela criação da Liga da Justiça Internacional, grupo proeminente nas HQ dos anos 80.

Agora, com a introdução dele em Mulher-Maravilha 1984 já como um vilão, tudo indica que esse passado heroico será totalmente esquecido no DCEU, o que é bem problemático.


Em um artigo, o CBR discutiu o papel de Maxwell Lord em Mulher-Maravilha 1984, da DC.

Um homem de negócios

Nos anos 80, Maxwell Lord foi introduzido como o homem de negócios responsável pela criação da Liga da Justiça Internacional, grupo alternativo à Liga da Justiça principal.

Como a DC não podia incluir heróis maiores como Superman, Mulher-Maravilha e The Flash em suas histórias, ela montou um grupo com heróis secundários, como Lanterna Verde/Guy Gardner, Gladiador Dourado e o Besouro Azul.

A Liga da Justiça Internacional ficou famosa por suas histórias mais voltadas para a comédia, em um tom bem diferente do grupo principal. Depois, tudo isso foi interrompido quando a DC decidiu trazer uma reviravolta, que foi transformar Maxwell Lord em um vilão.

Foi revelado que o plano de Lord era usar a Liga da Justiça Internacional para dominar o mundo. Além disso, a DC inventou que ele estava sendo possuído por um programa de computador maligno chamado Kilg%re. Com isso, veio a queda do grupo.

A queda da Liga da Justiça Internacional

Logo depois disso, a HQ “Countdown to Infinite Crisis” traz um fim triste para Maxwell Lord e a Liga da Justiça Internacional.

É revelado aqui que o plano dele sempre foi montar o grupo para conseguir informações dos metahumanos do universo da DC, criando a partir daí um exercito de ciborgues para mata-los.

Maxwell Lord acaba parado pela Mulher-Maravilha, que quebra o seu pescoço para salvar o Superman do controle do vilão. Ao que tudo indica, essa história vai se repetir em Mulher-Maravilha 1984.

Maxwell Lord, o vilão?

Mulher-Maravilha 1984 deve introduzir Maxwell Lord como um vilão e isso pode acabar sendo um grande erro.

Além de desonrar o legado do personagem como herói dentro da DC, traze-lo já como um vilão prejudica a história da Liga da Justiça Internacional, que poderia ser contada nos cinemas.

É bom relembrarmos também a repercussão negativa da cena em que o Superman mata o General Zod em Homem de Aço (2013). Será que Mulher-Maravilha 1984 vai repetir isso, colocando Diana para quebrar o pescoço de Lord?

É possível que Mulher-Maravilha 1984 represente Lord como mais do que um simples vilão, abrindo o caminho para explorar também a Liga da Justiça Internacional. Agora, só nos resta aguardar.

Você viu que a DC anunciou sua série mais BIZARRA até agora? Esses 8 heróis da DC tem os mesmos poderes que heróis da Marvel! Saiba quais heróis da Marvel o Asa Noturna derrota ou não! O Batman de Titãs finalmente chegou… E os fãs odiaram! Mas o herói já esteve em outras séries… Confira as melhores! Veja como Brooklyn Nine-Nine foi oficializado no universo da DC graças ao Batman, a teoria de que Aqualad estará morto em Titãs e muito mais no Observatório de Séries.

Mulher-Maravilha 1984 chega aos cinemas em 5 de junho de 2020.