A Marvel geralmente produz boas séries animadas, mas The Avengers: United They Stand (no Brasil, Os Vingadores) de 1999 certamente não é uma delas. Porém, mesmo sendo uma animação ruim, Os Vingadores previu a Fase 4 do MCU de uma forma bem interessante.

Agora que Os Vingadores estará no Disney+, muitos fãs da Marvel podem querer revisitar a animação e tentar encontrar algo de interessante por lá.

Apesar da história fraca, a animação hoje em dia mostra o que será o futuro da franquia principal da Marvel, o MCU, na era pós-Vingadores: Ultimato.


Em um artigo, o CBR falou sobre a animação Os Vingadores e como ela acertou o que aconteceria no futuro do MCU.

Heróis ‘B’

Os Vingadores é uma animação que se “destaca” por não contar com os principais membros do supergrupo da Marvel. Homem de Ferro, Capitão América e Thor são figuras praticamente ausentes dentro dessa série animada, o que é basicamente o que vai acontecer com o MCU daqui para frente.

Como essa animação foca nos Vingadores da Costa Oeste, o grupo principal consiste dos seguintes heróis: Visão, Gavião Arqueiro, Homem-Formiga, Vespa, Feiticeira Escarlate, Falcão, Tigresa e Magnum.

Se analisarmos o MCU atual, todos esses heróis estão presentes (com exceção da Tigresa e do Magnum) o que mostra como essa animação conseguiu captar um time de Vingadores que hoje é bem próximo da realidade.

Porém, há esperança para a animação Os Vingadores. Quando ela foi lançada, seu fracasso se deu muito por conta do time desconhecido de heróis – que fez a animação ter apenas uma temporada – mas depois do MCU, essa ideia de explorar heróis ‘B’ acabou se tornando bastante atrativa.

Filmes como Homem-Formiga e Guardiões da Galáxia são um grande sucesso, e personagens menores também encontram hoje o seu lugar de destaque. É claro que o MCU conta com grandes heróis (como Homem-Aranha e Homem de Ferro) para dar suporte aos desconhecidos – e é aí que Os Vingadores pode ter errado.

De qualquer forma, é curioso observar como a Marvel sempre gostou de colocar os seus grandes heróis “para escanteio”, enquanto explora personagens mais secundários. Esperamos que a Fase 4 do MCU seja mais bem-sucedida nesse aspecto, e que a ausência do Capitão América e do Homem de Ferro não seja tão sentida assim.