Nesta semana, uma suposta reunião do elenco de Friends em um episódio especial foi anunciada pelos executivos da HBO Max, nova plataforma de streaming que chega para rivalizar com a Netflix e a recém-lançada Disney+.

Fãs da sitcom ficaram em polvorosa. Uma reunião, reboot, revival ou continuação de Friends vem sido pedida por espectadores há anos, e o anúncio da plataforma acendeu as esperanças no coração de muita gente.

No entanto, tudo indica que as negociações para a produção de um episódio especial estão “longe de serem concluídas”.


Friends vai ganhar mesmo uma continuação ou o anúncio é apenas uma estratégia publicitária?

Saiba tudo sobre a possibilidade abaixo!

O anúncio da reunião

A suposta reunião do elenco de Friends foi anunciada primeiramente pelo site The Hollywood Reporter, uma fonte confiável do mundo do entretenimento.

A reportagem, no entanto, em momento algum confirma OFICIALMENTE a reunião.

“Em meio às celebrações do aniversário de 25 anos do mega sucesso Friends, fontes contam ao The Hollywood Reporter que os 6 astros principais e criadores da comédia da NBC estão negociando uma reunião com o HBO Max”, afirma a matéria.

A reportagem também cita que o episódio provavelmente será “uma reunião com os atores”, não uma trama dos personagens de Friends. Fontes também afirmaram que “contratos com o elenco ainda precisam ser produzidos, e que um grande desafio é organizar a produção com as agendas dos atores”.

Os executivos da HBO Max não comentaram a suposta reunião.

A Guerra dos Streamings

A produção de uma reunião de Friends é uma ótima estrategia do HBO Max no que está sendo chamado de “A Guerra dos Streamings”.

Por muito tempo, a Netflix dominou quase em monopólio o mercado das plataformas de streamings. Com o tempo, a Amazon e a Hulu também conseguiram uma parcela considerável de assinantes. Agora, novas plataformas como Disney+, HBO Max e Apple TV prometem acirrar ainda mais a disputa pelo trono.

E Friends, todos concordam, é uma arma importantíssima nessa batalha.

No início do ano, a Netflix e a WarnerMedia se envolveram em um leilão milionário pelos direitos de reprodução de Friends. A Netflix pagou de 80 a 100 milhões de dólares para manter a sitcom pelo menos até o final de 2019 em seu catálogo.

A Warner, por sua vez, venceu a disputa com uma oferta absurda de 425 milhões e dólares para a exibição de Friends na HBO Max por 5 anos.

O elenco

Desde o fim de Friends, o elenco e equipe de produção da série afirmaram várias vezes que não tinham nenhum interesse em um revival, continuação ou reboot da série.

A NBC organizou uma mini-reunião de Friends em 2016, como parte de um especial em homenagem ao lendário diretor e produtor James Burrows. Cinco dos seis protagonistas de Friends participaram do evento, que também contou com atores de Will & Grace, Cheers e The Big Bang Theory.

Matthew Perry, o Chandler, foi o único que não participou do programa especial.

Além disso, vale lembrar que Jennifer Aniston está no ar atualmente em outra série: The Morning Show, exibida por uma das concorrentes da HBO Max.

Como será?

Se a reunião de Friends realmente acontecer, como será o episódio?

A matéria do THR afirmou que a reunião de Friends seria um programa especial não narrativo. Isso significa que os atores não vão aparecer como Joey, Monica, Chandler, Ross, Phoebe e Rachel, mas como suas contrapartes da vida real.

O programa especial não deve revelar se Ross e Rachel continuam juntos, se Phoebe e Mike tiveram filhos ou se Joey conseguiu sossegar.

Caso seja realmente produzida, a reunião de Friends deve ser apenas um papo com o elenco e os criadores da série, com reflexões sobre suas experiências, segredos dos bastidores e muita nostalgia.

Friends continua disponível na Netflix do Brasil. Por enquanto…