Atenção! Contém spoilers da temporada final de Supernatural

Supernatural exibe atualmente sua 15ª e última temporada. Após mais de uma década no ar, a história de Sam e Dean Winchester finalmente vai chegar ao fim.

A trama da temporada final indica que Deus é o verdadeiro antagonista do desfecho de Supernatural, já que suas ações podem ser vistas como força motriz de grande parte dos enredos da série.


No entanto, segundo um artigo publicado pelo site Screen Rant, o verdadeiro grande vilão da temporada final de Supernatural não é Deus, e sim Sam Winchester.

Confira tudo sobre a teoria apresentada abaixo!

Poderes e flashbacks

No primeiro episódio da temporada final de Supernatural, Castiel toca a ferida provocada em Sam pelo Equalizador, arma criada por Deus. No momento, o Anjo tem uma visão de algo que parece ser uma versão maligna do irmão Winchester.

Os episódios posteriores não deram mais explicações sobre a visão, mas é óbvio que a trama será importantíssima na temporada final de Supernatural.

Sam já viveu dias sombrios na época do Apocalipse, servindo como receptáculo verdadeiro para Lucifer. Além disso, nas primeiras temporadas da série, o Winchester tinha poderes psíquicos causados por sua conexão com o demônio Azazel.

O Monstro

“Atomic Monsters, o episódio mais recente de Supernatural, começa com um sonho extremamente realista imaginado por Sam. A cena mostra Dean procurando um inimigo misterioso em um bunker. Eventualmente, o caçador encontra seu alvo: Sam Winchester, com os olhos pretos assim como os dos demônios.

Dean culpa o sangue demoníaco de Sam pela mudança na personalidade do irmão, e o acusa de horríveis atos de violência. Antes dele conseguir atirar no Winchester, no entanto, Sam usa seus poderes para quebrar o pescoço do irmão, acordando assustado logo em seguida.

Como essa versão demoníaca de Sam já foi vista pelo próprio Winchester e por Castiel, é uma aposta sólida acreditar que a cena vai acontecer na vida real em algum momento.

Sementes do mal

A personalidade de Sam também parece estar um pouco diferente na temporada final. Em um caso rotineiro envolvendo vampiros, o Winchester começa a expressar um certo desdém pelas pessoas salvas pelos caçadores.

Para Sam, essas pessoas vivem felizes em ignorância enquanto guerreiros como os irmãos Winchester lutam pela manutenção dessa ignorância.

“Nós os impedimos de lidar com a verdade, com o que está lá fora. Somos nós que carregamos esse peso”, afirma o caçula Winchester.

O plano de Deus

Ainda existe a possibilidade de Sam não ser o grande vilão da temporada final, mas uma peça utilizada no sinistro plano de Deus.

Em uma das tramas abordadas em “Atomic Monsters”, Deus reencontra Becky, a ex-namorada de Chuck. A jovem o encoraja a escrever mais histórias de Supernatural.

O Criador acaba sendo convencido a escrever mais uma história, e Becky é a primeira a ler. Mesmo sendo fã das tramas de Supernatural, Becky fica enojada e chocada com o tom sinistro e triste da nova trama dos irmãos Wincheser.

É possível que Chuck force Sam a matar Dean. O momento seria perfeito para a obra dramática do Criador, e serviria como vingança contra os Winchesters.

Supernatural exibe sua temporada final semanalmente.