The Walking Dead exibe atualmente sua 10ª temporada, de volta aos trilhos com uma das tramas mais impactantes de todos os tempos. A série é uma das mais conceituadas da AMC, dividindo o posto de queridinha da emissora com Breaking Bad.

O que muitos fãs não sabem é que The Walking Dead ajudou a construir a morte mais impactante das 5 temporadas de Breaking Bad. O site Screen Rant explicou como tudo aconteceu; confira abaixo!

A morte de Gus

The Walking Dead foi uma grande influência para The Walking Dead. A série que acompanhava a trágica e impactante jornada de Walter White e Jesse Pinkman contou com a ajuda de experts da série de zumbis para a criação da cena da morte de Gus, o personagem de Giancarlo Esposito.


Gus sempre foi um dos personagens mais cativantes de The Walking Dead. Atuando sob a fachada inocente da rede de restaurantes Los Pollos Hermanos, o empresário era na verdade um chefão do tráfico de drogas e rival de um grande cartel.

O personagem contratou Walter e Jesse para produzir metanfetamina, mas a operação rapidamente degringolou e Walter White não viu outra alternativa a não ser remover Gus do negócio.

Walter White acaba matando Gus no final da quarta temporada, com a ajuda de Hector Salamanca.

A cena da morte de Gus foi uma das mais impressionantes de Breaking Bad. Após a bomba plantada explodir, Gus aparece saindo do cômodo onde estava como se nada tivesse acontecido.

É aí que a câmera revela que metade do rosto do personagem foi completamente explodido.

A influência de The Walking Dead

Os efeitos especiais e práticos da cena da morte de Gus foram creditados a Greg Nicotero, o especialista em maquiagem e próteses de The Walking Dead.

Nicotero é uma figura conhecida no mundo do entretenimento, trabalhando em vários filmes de terror e colaborando com nomes como George Romero.

Breaking Bad contactou inicialmente Nicotero para pedir a ajuda do especialista em alguns efeitos práticos da quarta temporada. A cena da garganta cortada, no início do quarto ano, foi produzida por Nicotero.

Vince Gilligan adorou o trabalho do produtor de The Walking Dead, e o chamou novamente para supervisionar a morte de Gus.

Nicotero trabalhou por um bom tempo para deixar a morte de Gus perfeita. O time de efeitos especiais criou modelos e testes para a maquiagem e as próteses. Só esse processo demorou 3 semanas, e a cena completa levou meses para ser produzida.

Mais de 20 tomadas foram feitas antes de Vince Gilligan escolher a cena perfeita. A morte de Gus foi um momento de orgulho para Gilligan, Nicotero e todos os envolvidos. O elenco adorou a cena.

Greg Nicotero guarda até hoje a cabeça original de Gus utilizada como modelo na cena. O produtor afirmou que a peça já apareceu em The Walking Dead várias vezes.

The Walking Dead retorna com novos episódios em fevereiro de 2020.