É ótimo que Tom Welling esteja retornando como Clark Kent, também conhecido como Superman, em Crise nas Infinitas Terras, mas, ao fazê-lo, os produtores correm o risco de arruinar o final perfeito de Smallville para o personagem e sua jornada. Em vez de se concentrar em um super-herói, Smallville era sobre Clark se tornar Superman: ele lutou com muitos dos vilões que ele teria como o Homem de Aço.

Tudo o que ele encontrou nos anos do ensino médio e, novamente, enquanto trabalhava no Planeta Diário o preparou para seu confronto final com Darkseid na décima temporada de Smallville, salvando a Terra de Apokolips. Além do mais, ele chegou a um acordo com seu amigo e arqui-inimigo Lex Luthor, enquanto também viu seu pai pela última vez, que lhe apresentou seu icônico traje do Superman.

Ao fazer tudo isso, a jornada de Clark para se tornar o Superman terminou e sua vida começou de novo. Mas o Arrowverso corre o risco de manchar isso com Crise nas Infinitas Terras.


Foco em Clark Kent

Muita coisa aconteceu com Clark Kent depois que Smallville terminou, como explorado pelos quadrinhos baseados na série da DC, que são canônicos. Mas com Tom Welling retornando como Clark em Crise nas Infinitas Terras, os fãs agora o verão como Superman – uma encarnação completa do super-herói dos quadrinhos.

É uma grande continuação de sua história – do ponto de vista da evolução. No entanto, é uma má ideia em um nível conceitual, porque vai contra o que Smallville representava: Clark Kent, não o Superman.

Estragando o mistério

Os fãs de Smallville conhecem a famosa regra “sem capas, sem voos” que os roteiristas e produtores usaram durante as dez temporadas da série (com uma exceção momentânea dos voos que fazem parte da regra em uma das temporadas anteriores). Isso é parte do motivo pelo qual os espectadores não viram Clark de fato como Superman no final da série, apesar do episódio mostrar uma versão de CGI em silhueta voando no céu.

Então, colocar Welling no traje do Superman e tê-lo combatendo completamente o Anti-Monitor em toda a sua glória significa ir contra os princípios fundamentais de Smallville. Além disso, as vidas de Clark e Lois Lane após o final da série, incluindo tudo o que aconteceu no salto de sete anos, foram perfeitas.

Há uma espécie de mistério pelo futuro que fez não ver Clark como Superman realmente valer a pena no final. Mas Crise nas Infinitas Terras joga tudo isso pela janela.

É como um filme voltando para outra rodada após um final perfeito, só porque eles podem. Certamente, se alguma coisa traria Welling de volta ao papel de Clark Kent, é Crise nas Infinitas Terras.

Sem dúvida, será emocionante vê-lo de volta ao papel depois de todos esses anos. Mas isso não significa que sua participação não terá consequências desfavoráveis.

Crise nas Infinitas Terras será dividido em 5 partes: as três primeiras em 2019 (Supergirl em 8/12; Batwoman em 9/12; e The Flash em 10/12), enquanto os dois episódios finais só vão ao ar em 14 de janeiro de 2020, com Arrow e Legends of Tomorrow.