James Bond será substituído como 007 em Sem Tempo Para Morrer – mas não é o que os fãs possam pensar. O próximo filme de Bond do diretor Cary Joji Fukunaga será o último para Daniel Craig, e o estúdio ainda não anunciou um substituto.

A questão de quem pode ser o novo 007 foi objeto de especulações, e não ajudou quando as notícias vazaram de que a atriz britânica Lashana Lynch (Capitã Marvel) estaria substituindo Craig como 007 no próximo filme. No entanto, enquanto os relatórios confirmaram que a personagem de Lynch receberá o título de 007, ela não será o novo Bond – e também não estará em filmes futuros.

A internet perdeu a cabeça recentemente, quando uma fonte disse ao Daily Mail que Lynch seria a nova 007 do próximo filme. A fonte deixou claro que ela não seria o novo Bond – Daniel Craig ainda interpretaria o personagem-título, e Lynch estaria apenas assumindo o número do seu agente secreto -, mas isso não impediu uma torrente de especulações sobre se ela seria o próximo Bond quando Craig seguir em frente.


Na época, todos supunham que a notícia significava que o próximo Bond seria uma mulher de cor, o que levou a uma onda de reações racistas e sexistas.

O trailer de Sem Tempo Para Morrer esclareceu os rumores de que “Lady Bond” seria importante no próximo filme. Craig e Lynch estão no trailer juntos, e as cenas confirmaram que a personagem de Lynch, Nomi, era uma agente do MI6 com um número 00 – e não o próprio Bond.

Aparentemente, Bond se aposentou do serviço ativo e, quando é chamado de volta à ação, descobre que Nomi tomou o seu lugar. Todos os sinais apontam para a teoria de que ela é verdadeira, embora Lynch ainda não tenha confirmado isso.

Vai acontecer?

No entanto, uma coisa é certa: ela não será o próximo James Bond. Confirmou-se que ela existe com Bond dentro do mesmo universo e interpreta uma personagem própria.

Não faria muito sentido trazê-la de volta para filmes futuros e depois mudar seu nome. Pode fazer sentido ter a estrela de Capitã Marvel em um filme de 007 dentro do universo de Bond – talvez se Bond morrer no final de Sem Tempo Para Morrer -, mas se isso acontecesse, seu nome provavelmente ainda seria Nomi.

A ideia de uma mulher como James Bond certamente não está tão longe quanto poderia ter sido. Tradicionalmente, a franquia de Bond trata as mulheres mais como objetos sexuais e pedaços descartáveis ​​do que personagens reais.

Mas mudar isso tem sido um grande foco da equipe por trás de Sem Tempo Para Morrer. Eles trouxeram a criadora de Fleabag, Phoebe Waller-Bridge, para aprimorar o roteiro, e tanto Fukunaga quanto a produtora Barbara Broccoli disseram que fazer personagens femininas mais plenamente realizadas tem sido um ponto de ênfase.

A nova Bond Girl, interpretada por Ana de Armas, também não será a “femme fatale” tradicional do passado. Não está totalmente fora de questão ver uma mulher como James Bond no futuro, mas, a menos que haja uma mudança maciça de planos, não será a atriz de Capitã Marvel.

Sem Tempo Para Morrer chegará aos cinemas em 9 de abril.