Paul Walker faleceu em 30 de novembro de 2013, aos 40 anos, em um acidente de carro. A participação do ator em Velozes e Furiosos 7 foi recriada digitalmente como uma homenagem ao artista. A música “See You Again”, de Wiz Khalifa e Charlie Puth também foi produzida como tributo a Paul Walker.

O ator foi recriado digitalmente para a cena final de Velozes e Furiosos 7, considerada até hoje uma das mais icônicas da franquia. Ao invés de matar o personagem de Walker, a produção do filme decidiu que Brian se aposentaria do mundo das corridas.

O site Looper explicou como o personagem foi recriado digitalmente no filme; confira abaixo!


Um processo difícil

Bill Brzeski, o designer de produção de Velozes e Furiosos 7 falou com o site Looper sobre o processo de recriação digital do visual de Paul Walker.

Brzeski explicou que a tarefa de recriar a aparência de Walker foi demorado, custoso e caro, especialmente pelo fato do ator ter gravado poucas cenas do filme antes de sua morte.

Para conseguir o feito, a equipe de Velozes e Furiosos 7 colaborou com a Meta Digital, companhia neozelandesa de efeitos especiais fundada por Peter Jackson. A empresa é conhecida por criar o visual de Gollum em O Senhor dos Anéis e Caesar em O Planeta dos Macacos.

A produção também utilizou os irmãos de Paul Walker como dublês. O corpo de Brian no filme é o de Caleb e Cody Walker, e o rosto do ator falecido foi inserido digitalmente a partir de cenas dos outros filmes da franquia.

No total, Caleb e Cody participaram de 260 frames de Velozes e Furiosos 7 com o rosto do irmão sobre suas próprias aparências. Outras 90 tomadas foram construídas com cenas de outros filmes, incluindo a cena final em que Brian e Dom Toretto se despedem e embarcam em estradas diferentes.

Velozes e Furiosos 9 estreia em 8 de abril.