No dia 15 de janeiro, a Netflix lançou o documentário A Mente do Assassino: Aaron Hernandez, que conta a história do ex-jogador da NFL responsável pelo assassinato de Odin Lloyd.

O documentário de três partes destrincha o caso Aaron Hernandez, mostrando cenas reais dos julgamentos da época, em 2013.

Mas por que Aaron Hernandez matou Odin Lloyd? O Express esclareceu os mistérios desse crime bárbaro em um artigo.


A morte de Odin Lloyd

Aaron Hernandez era um jogador de Futebol Americano que começou sua carreira pelo New England Patriots. Ele tinha uma carreira promissora, mas sua vida mudou em 2013, quando ele foi acusado pelo assassinato de Odin Lloyd.

Lloyd no Boston Bandits, da liga semiprofissional NEFL. Na época, ele namorava Shaneah Jenkins, irmã da noiva de Aaron Hernandez na época, Shayanna Jenkins.

No dia 17 de junho de 2013, Lloyd foi baleado e morto em um parque industrial próximo a casa de Aaron Hernandez, o que fez com que ele se tornasse o maior suspeito do crime. Ele foi preso nove dias após o assassinato.

Em 2015, ele foi condenado por assassinato, recebendo a pena de prisão perpétua. Hernandez cometeu suicídio na prisão em 2017.

Até hoje, a motivação por trás da morte de Lloyd nunca foi totalmente esclarecida. O documentário da Netflix mostra que especialistas da Universidade de Boston examinaram o cérebro de Hernandez após sua morte, justamente para tentar encontrar sinais de algum distúrbio mental.

Foi constatado que Hernandez tinha Encefalopatia Traumática Crônica (ETC), uma doença gerada neurodegenerativa que é provocada em uma pessoa que sofre muitos golpes na cabeça. De acordo com especialistas, isso pode justificar uma possível alteração de humor e/ou perda de controle por parte do ex-atleta da NFL, que explicaria sua agressividade.

Apesar disso, não se sabe ao certo porque Hernandez assassinou Lloyd. A Mente do Assassino: Aaron Hernandez mostra como Lloyd era amado por seus amigos e companheiros, que o descreviam como “um bom amigo” e “divertido”.

Sobre A Mente do Assassino: Aaron Hernandez

Aaron Hernandez foi um jogador promissor da NFL, que em 2013 acabou sendo acusado – e posteriormente condenado – pelo assassinato de Odin Lloyd e mais dois homens.

A série será no estilo documental, e contará com depoimentos de pessoas que conheciam os envolvidos no crime. A Mente do Assassino: Aaron Hernandez será dividida em três partes.

A Mente do Assassino: Aaron Hernandez está disponível na Netflix.