O roteiro de Vingadores: Ultimato confirma que Máquina de Combate é agora o Vingador mais poderoso da Terra. A batalha final em Vingadores: Ultimato mostrou o coronel James Rupert “Rhodey” Rhodes se vestir com uma nova armadura, uma nunca vista antes no MCU.

Inspirada na armadura do Patriota de Ferro que ele usou em Homem de Ferro 3, a armadura atualizada que ele usou em Vingadores tinha consideravelmente mais poder de fogo.

Pouco a pouco, porém, a Marvel está gradualmente revelando o quão poderosa é a nova armadura do Máquina de Combate. A Marvel lançou recentemente o roteiro completo de Vingadores: Ultimato, em que o traje exoesquelético de Rhodey é chamado de “armadura cósmica”.


Até agora, os espectadores haviam assumido que este era apenas mais um exoesqueleto desenvolvido por Stark, mas parece que esse não é o caso. Em vez disso, este novo traje foi atualizado com tecnologia alienígena, potencialmente de Rocket ou Capitã Marvel.

Presumivelmente, isso significa que o Máquina de Combate tem armas que estão além de qualquer outra coisa na Terra – potencialmente além da imaginação de Tony Stark.

Curiosamente, Rhodey não desempenhou um papel importante na guerra dos Vingadores contra Thanos e suas forças. Provavelmente porque a Marvel editou fortemente essa luta final, removendo uma batalha aérea completa.

Sean Gunn, que interpreta Kraglin Obfonteri nos filmes dos Guardiões da Galáxia, discutiu sobre a cena da “batalha do céu” com o Screen Rant, explicando que ela foi removida simplesmente porque causaria muita distração. É razoável supor que o Máquina de Combate fazia parte dessa sequência de ação.

Armadura cósmica cheia de detalhes

O livro “A Arte de Vingadores: Ultimato” revela quantas ideias a Marvel colocou na armadura cósmica do Máquina de Combate. “Decidi ter diferentes níveis de prontidão situacional, semelhantes aos níveis de ameaças do DEFCON das forças armadas”, explicou o artista conceitual Adam Ross.

A arte conceitual mostra várias iterações diferentes, à medida que foguetes adicionais são lançados ou algum tipo de arma de energia desembainhada nos ombros. Segundo a Marvel, a armadura do Máquina de Combate foi projetada para enfrentar grandes exércitos.

Levando tudo isso em conta, fica claro que Rhodey se tornou o defensor mais formidável da Terra. Ele pode até ter participado de missões espaciais antes, explicando por que ele parecia mais próximo da Capitã Marvel do que qualquer outro membro dos Vingadores.

Além do mais, Rhodey pode estar perfeitamente posicionado para se tornar uma peça importante no futuro do MCU. A cena pós-créditos de Homem-Aranha: Longe de Casa revelou que Nick Fury está trabalhando em algum tipo de defesa cósmica para a Terra, e é razoável supor que o Máquina de Combate fará parte disso.