The Walking Dead é uma das franquias mais populares do universo zumbi. Com produtos diversificados, como histórias em quadrinhos, séries de TV e até filmes – que serão lançados em breve – The Walking Dead vem provando sua relevância há anos.

Recentemente, o criador de The Walking Dead, Robert Kirkman, “revelou” em suas redes sociais a causa do apocalipse zumbi da franquia.

Desde 2003, ano em que as HQs de The Walking Dead foram criadas, Kirkman se recusou a revelar a causa do apocalipse zumbi. A revelação feita no Twitter surpreendeu muita gente, que considerou que ele estava fazendo uma brincadeira com o assunto – e isso provavelmente é real.


Porem, a brincadeira do criador de The Walking Dead conta com uma referência escondida a um dos clássicos do gênero, o filme A Noite dos Mortos-Vivos (1968), de George A. Romero, considerado o “pai” do gênero de zumbis.

O ScreenRant explicou essa conexão em um artigo.

Referência a George Romero?

Questionado sobre a causa do apocalipse zumbi de The Walking Dead por um fã do Twitter, Kirkman respondeu apenas que o causador da situação foi “espora espacial”.

Em A Noite dos Mortos-Vivos, de George Romero, um apresentador de rádio diz que uma das possíveis causas do apocalipse zumbi pode estar relacionada à uma sonda espacial que retornou de Venus, que explodiu e espalhou material radioativo na atmosfera terrestre.

O filme, assim como The Walking Dead, nunca explica o surgimento dos zumbis, mas “material espacial” é uma das possíveis causas que são especuladas, portanto, fica evidente que o criador de The Walking Dead quis fazer uma brincadeira citando uma de suas maiores influências.

No fim do dia, é provável que Kirkman jamais revele o real motivo pelo surgimento do apocalipse zumbi. The Walking Dead não precisa dessa revelação e explicar demais só tornaria tudo menos interessante.

A 10ª temporada de The Walking Dead retorna em fevereiro.