Anne Hathaway diz ter sido misógina quando trabalhou com a diretora Lone Scherfig

Anne Hathaway deu uma entrevista surpreendente para Peter Travers no programa ABC News. Questionada sobre seus momentos de aprendizagem na carreira, a atriz revelou seu momento de “misoginia internalizada” (como a própria atriz classificou) quando foi trabalhar com a diretora Lone Scherfig no filme Um Dia, de 2011.

“Eu realmente lamento não ter confiado nela mais facilmente”, iniciou Anne. “E estou até hoje assustada que a razão pela qual eu não confiava nela da maneira que confio em alguns dos outros diretores com quem trabalho é porque ela é uma mulher”, completou.

A estrela do filme Colossal ainda confessou que está lutando para mudar. “Quando recebia um roteiro, e via um primeiro filme dirigido por uma mulher, me concentrava no que estava errado com ele. E quando via um filme dirigido pela primeira por um homem, eu me concentrava no que é certo com ele. Só posso reconhecer que fiz isso e não quero mais fazer isso”, lamentou.