Leah Remini, polêmica atriz que deixou a Cientologia em 2013 e desde então estrelou uma série documental sobre os desfeitos da igreja, acusada de intimidar e agredir os dissidentes, declarou que nunca tentou converter Kevin James, seu colega de elenco na série Kings of Queens – mas que isso lhe foi pedido pelos chefes da religião.

“Eles sempre tentaram me fazer convertê-lo, perguntando: ‘Por que ele não vem? Por que você não o converteu?’. Eu ficava: ‘Porque ele é católico. Ele não quer nada com isso’”, relembrou a atriz, em entrevista à revista People.

“Eles deixaram isso de lado depois de um tempo, mas geralmente você era obrigado a recrutar, especialmente alguém com quem você trabalha por nove anos”, declarou.


A atriz voltará a contracenar com James em Kevin Can Wait, que estreia nova temporada em 25 de setembro.