Harvey Weinstein
Harvey Weinstein, maior acusado de abuso sexual em Hollywood

O jornais The New York Times e The New Yorker dividiram um prêmio Pulitzer por sua influ~encia com os trabalhos que denunciaram os assédios sexuais cometidos pelo produtor Harvey Weinstein.

Os artigos expondo as agressões do produtor foram de Jodi Kantor e Megan Twohey, pelo The New York Times e de Ronan Farrow pelo The New Yorker. Agora é preciso esperar que o prêmio incentive esse tipo de publicação e que Harvey não saia impune das acusações.

Uma Thurman quer que Harvey Weinstein seja devidamente processado


A investigação oficial da Scotland Yard a respeito das acusações de assédio e abuso sexual contra Harvey Weinstein já inclui nada menos que dez alegadas vítimas do megaprodutor.

Segundo a Variety, a investigação ficou conhecida nos escritórios da Yard como Operação Kaguyak, e as dez vítimas já somam, entre elas, 15 incidentes de alegado assédio sexual, a mais recente delas ocorrida durante os anos 1990 em Londres (Inglaterra).

“Não houve nenhum tipo de prisão até o momento, nem mesmo trouxemos o suspeito para uma entrevista”, assegurou a polícia à Variety.

Weinstein segue negando qualquer tipo de sexo não consensual entre ele e suas mais de 60 acusadoras públicas.