Jim Carrey e Robin Williams

Segundo um trecho da nova biografia de Robin Williams, obtido pelo Radar Online, o falecido comediante se sentia ameaçado pelo sucesso de Jim Carrey, e os dois chegaram a desenvolver “uma rivalidade amarga”.

O livro de David Itzkoff revela que Williams se tornou “obcecado” pelo talento de Carrey – tanto que ficou furioso e decepcionado ao descobrir que o “concorrente” aceitou um papel em Batman depois que ele havia recusado.

Robin Williams quebrou o nariz de Robert De Niro; veja essa e outras revelações de biografia

O astro de Jumanji também chegou a elogiar publicamente Carrey após seu sucesso nas bilheterias com Debi & Lóide: Dois Idiotas em Apuros (1994). De acordo com Itzkoff, no entanto, “alguns desses elogios eram na verdade indiretas”.

A maquiadora de Williams durante as filmagens de Uma Babá Quase Perfeita (1993), Cheri Minns, também foi citada no livro, admitindo que Williams “ficou completamente apavorado com Carrey e falava nele constantemente”.

Itzkoff caracteriza o episódio como um “colapso mental” e chega a dizer que a esposa do comediante à época, Marsha Williams, teve que intervir: “Marsha disse a Robin que ele estava obcecado e negligenciando sua família”.