Estrelas como Madonna, Cher, Norman Reedus, Jamie Lee Curtis e Meghan Trainor usaram as redes sociais para divulgar uma campanha que visa ajudar o menino Carter, de 6 anos, e sua família.

Carter foi diagnosticado com Alzheimer infantil, ou Síndrome de Sanfilippo, com pouco mais de 3 anos de idade. A síndrome é uma doença progressiva causada por uma enzima ausente, destinada a reciclar o lixo celular. Como não há como descartá-lo, os resíduos se acumulam no cérebro e eventualmente causam danos significativos ao órgão.

De acordo com a Sanfilippo Children’s Foundation, algumas das consequências da doença, que podem ocorrer com o tempo, são a perda de habilidades cognitivas e de fala, deficiências intelectuais, problemas cardíacos, convulsões, mobilidade inibida e demência. A doença normalmente mata os pacientes antes de atingirem a idade adulta.


The Walking Dead | Norman Reedus ganhará aumento e se tornará o novo líder da série

Em um último esforço para salvar a vida de Carter, a família começou recentemente uma página do GoFundMe, chamada Saving Carter, para arrecadar em um mês US$ 1 milhão. O dinheiro possibilitaria a participação de Carter em um teste clínico financiado pela Fundação Cure Sanfilippo. O estudo consiste em uma terapia de reposição enzimática que demonstrou resultados positivos na melhora da função cerebral em doenças semelhantes à síndrome de Sanfilippo.

Com o suporte dos astros que aderiram a campanha, até a terça-feira, dia 19, já haviam sido arrecadados US$ 640 mil.