Dwayne The Rock Johnson revelou em entrevista a Jamie Foxx, em uma prévia do mais novo episódio de Off Script, que quase abandonou o seu apelido quando começou a carreira no cinema. No entanto, a ideia não durou tanto tempo.

“Uma vez me falaram, ‘Olha, você não pode continuar com o wrestling. Você não deveria se chamar The Rock. Você não pode ser tão grande como é fisicamente'”, começou a contar o ator. O fato teria acontecia em 2005, quando Dwayne estava estreando em Southland Tales: O Fim do Mundo (2005).

O famoso, que começou na luta-livre, contou que por um tempo aceitou o conselho. Mas, logo percebeu que não deveria fazer isso. Dwayne disse que não abre mão da identificação com os fãs, que para ele, é “a relação mais importante” que o famoso pode ter.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

“Estava cansado de tentar ser quem não era”, desabafou The Rock.

Logo, decidiu que iria voltar com o apelido e procurar outras pessoas para trabalhar junto. A revelação deu a entender que o conselho para mudar de nome pode ter vindo de um antigo empresário.

“Então eu finalmente alcancei um ponto em que eu disse, ‘Certo, duas coisas vão acontecer: vou me rodear de um grupo de pessoas diferentes, um empresário diferente, e terei certeza de que serei eu mesmo”, finalizou o astro.

Hoje, Dwayne Johnson é um dos atores mais requisitados em Hollywood. Nesta sexta-feira, 13 de julho, o mais novo filme de The Rock chega aos cinemas, Arranha-Céu: Coragem Sem Limite.

Deixe o seu comentário