O ator Henry Cavill veio se retratar publicamente após as declarações que realizou perante ao movimento #MeToo, em uma entrevista ao GQ. A polêmica se deu porque o astro de Liga da Justiça falou sobre a relação com as mulheres e o medo de ser entendido como assediador.

Dany Garcia, uma de suas representantes, fez uma postagem em seu Twitter mostrando a declaração de Cavill. A postagem original pode ser vista abaixo:

“Declaração de Henry Cavill: Vendo a reação a um artigo específico sobre como me sinto em relação a relacionamentos e o movimento #MeToo, gostaria de pedir desculpas por qualquer confusão e mal entendidos que posso ter criado. Não tinha intenção de ser insensível. Gostaria de esclarecer e confirmar para todos que sempre tratei e continuarei a tratar as mulheres com muito respeito, não importa o tipo de relacionamento, seja amizade, profissional ou familiar. Nunca tive a intenção de desrespeitar de qualquer jeito ou forma. Essa experiência me ensinou uma lição valiosa sobre contexto e as nuances da liberdade editorial. Espero esclarecer a minha posição no futuro quanto a este assunto que é tão importante e o qual apoio de coração.”

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Henry Cavill comenta sobre movimento #MeToo: “Talvez eu seja antiquado”

Henry Cavill está prestes a entrar em cartaz com Missão Impossível: Efeito Fallout, que tem direção de Christopher McQuarrie e é protagonizado por Tom Cruise. O longa estreia no próximo dia 27 de julho.

Deixe o seu comentário