Em um novo julgamento, Johnny Depp alegou que foi agredido duas vezes por sua ex-mulher, Amber Heard. O fato teria acontecido na noite em que a atriz acusa Depp de jogar um Iphone em seu rosto.

De acordo com a People, a acusação está nos documentos de julgamento que corre no Reino Unido. Depp se defende na justiça de acusações por ter agredido a ex-esposa.

A publicação afirma que tudo aconteceu no dia 21 de abril de 2016, quando Heard estava completando 30 anos. O ator teria contado que se atrasou para festa por conta de uma reunião com seu empresário. Mas, que estava em comunicação com a então esposa por mensagem de texto.


Johnny Depp e Amber Heard estiveram no mesmo painel da Comic-Con em horários diferentes

Quando chegou em casa, o astro alega ter sido recebido por uma Heard fria. Na versão do ator, ele estava lendo em sua cama, sem estar bêbado ou usando drogas, e levou dois socos no rosto. Para Depp, a atriz estava alcooliza.

Com isso, o famoso explica que teria agarrado os braços da ex-mulher e a jogado da cama. Logo após, teria deixado a residência dos dois. No entanto, na época, Amber Heard gravou vídeos e expôs as marcas feitas por agressões do ator.

Para a People, representantes da atriz apenas afirmaram que as alegações do astro são “falsas”. Os advogados ainda alertaram para o comportamento agressivo de Johnny Depp nos últimos anos.

Na versão de Heard do documento, como já foi revelada anteriormente ao público, Depp estava bêbado e teria agredido fortemente a atriz. Entre as ações, teria puxado o cabelo da famosa e jogado um celular no rosto da vítima.