A Daily Mail TV divulgou a segunda parte da entrevista com a filha do diretor Dario Argento, Asia, acusada de ter abusado de Jimmy Bennett há cinco anos, quando o rapaz tinha 17 anos.

A artista desabafou durante a conversa e mandou um recado direto não só para o acusador, mas também para Rose McGowan, que atacou publicamente Asia Argento depois que as acusações foram reveladas pelo The New York Times.

“Eles estavam dizendo que eu era uma pedófila, um monstro. Que eu era como Harvey Weinstein, uma predadora. Essas mentiras destruíram minha vida”, afirmou a cantora e diretora na entrevista.


Asia Argento também citou Rain Dove na entrevista. A acusada garante que o que dá forças para desmentir a história é justamente o que está sendo dito sobre o caso.

Acusador de Asia Argento é humilhado em programa de TV: “Não parece traumatizado”

“O que meu deu forças para falar sobre isso é a raiva que sinto quando Rose McGowan e Rain Dove insistem em mentir, dizendo que eu recebo fotos nuas de Bennett desde quando ele tinha 12 anos”, declarou a artista.

Na entrevista, a acusada ainda disse que foi Bennett quem a procurou com segundas intenções. Asia Argento também declarou que pagou US$ 380 mil dólares ao acusador por conselho do já falecido chefe Anthony Bourdain. A diretora insiste que é inocente.

Bennett garante ter sido abusado por Asia Argento ainda em 2013, em um quarto de hotel na Califórnia. O rapaz insiste que foi obrigado a ter relações sexuais com a artista.

Asia Argento, uma das primeiras vozes contra Harvey Weinstein, foi acusada também de ter pago a quantia de US$ 380 mil dólares para mantê-lo em silêncio. A atriz veio à público recentemente negar a história.