Quando você tem um grande sucesso da TV nas mãos, talvez não seja uma boa ideia abandoná-lo sem pensar duas vezes, não é mesmo?

Os atores que selecionamos aqui não entenderam muito bem o quanto Hollywood seria cruel com eles, e deixaram suas séries de sucesso para trás só para ver as carreiras decaírem pateticamente com o passar dos anos.

10 séries que decaíram em qualidade após serem abandonadas pelos criadores


Confira:

DAVID CARUSO (NYPD Blue) | O ator fez apenas uma temporada da série policial NYPD Blue, a primeira, que foi um sucesso instantâneo de audiência. Alvejado por propostas cinematográficas, ele deixou a trama, mas a carreira no cinema não decolou após os flops O Beijo da Morte (1995) e Jade (1995). Em 2002, voltou para a TV em CSI: Miami, e parece ter aprendido a lição – ficou no papel até 2012, quando a série foi cancelada.

KATHERINE HEIGL (Grey’s Anatomy) | Todo mundo se lembra quando a Izzy de Grey’s Anatomy deixou a série na sexta temporada, após anos reclamando do “material ruim” que era dado para sua personagem. Heigl não conseguiu emplacar um hit depois de sua saída da série, enfileirando fracassos como Juntos Pelo Acaso (2010), Como Agarrar Meu Ex-Namorado (2012) e até suas duas (duas!) tentativas de retorno para TV, em State of Affairs e Doubt, ambas canceladas no primeiro ano.

Patrick Dempsey como o Dr. Shepherd em Grey’s Anatomy

PATRICK DEMPSEY (Grey’s Anatomy) | O passado de Dempsey como astro adolescente em filmes como Namorada de Aluguel (1987) pode ter feito com que sua saída de Grey’s Anatomy em 2015 parecesse uma boa ideia, mas Dempsey só apareceu em O Bebê de Bridget Jones depois disso, e enfileira uma série de projetos do time-B de Hollywood para os próximos anos – parece que as coisas não saíram tão bem quanto ele achava!

MCLEAN STEVENSON (M*A*S*H) | Após seis temporadas na série mais popular dos anos 1970 (o finale em 1983 ainda é o episódio de TV mais assistido de todos os tempos), o comediante McLean Stevenson deixou a série para perseguir projetos pessoais. Suas quatro tentativas seguidas de emplacar uma sitcom própria falharam, e Stevenson acabou se aposentando em 1989, sete anos antes de falecer.

ROB LOWE (The West Wing) | Após perder o brilho de sua época como astro adolescente nos anos 1980, Lowe retornou aos holofotes na série política de Aaron Sorkin, que ele acabou deixando após três temporadas, em meio a rumores de que os produtores não quiseram pagar o salário astronômico exigido pelo ator. Desde então, apesar de papéis recorrentes em Brothers & Sisters e Parks & Recreation, Lowe ainda não conseguiu outro sucesso nesse patamar.

Katherine (Nina Dobrev) em The Vampire Diaries

NINA DOBREV (The Vampire Diaries) | Quando a eterna Elena deixou The Vampire Diaries, na sexta temporada, fãs ficaram lívidos com a perda de sua protagonista. A saída não funcionou muito bem para Dobrev tampouco, que apareceu no flop Além da Morte em 2017, ao lado de Ellen Page e Diego Luna. Não à toa, ela aceitou voltar para uma participação especial no episódio final da série.

O ator Topher Grace

TOPHER GRACE (That ‘70s Show) | Após sete temporadas como Eric Forman na sitcom, Grace resolveu deixar tudo para trás, e a série seguiu com seu oitavo (e último) ano sem ele. Com o massacre crítico em cima de Homem-Aranha 3, onde foi o vilão Venom, Grace se viu sem grandes propostas de carreira, e hoje se confina a papéis pequenos em filmes como Interestelar e War Machine.

Charlie Sheen

CHARLIE SHEEN (Two and a Half Men) | Entre 2003 e 2011, Charlie Sheen conseguiu retornar à fama de seus “dias dourados” dos anos 1980 ao encarnar o mulherengo Charlie Harper na sitcom de Chuck Lorre. No entanto, após brigar com o diretor, Charlie partiu para uma carreira patética que incluiu a série Tratamento de Choque e, mais recentemente, o massacrado drama 9/11.

MISCHA BARTON (The O.C.) | Essa atriz britânica nunca foi muito chegada na novelinha adolescente em que atuou como Marissa Cooper entre 2003 e 2006 (a série continuaria mais um ano sem ela), mas sua prolífica carreira depois da saída de The O.C. não decolou, em parte pela fama de comportamento difícil e pelos muitos problemas com a polícia. É improvável que você tenha visto Mischa em qualquer lugar desde 2006.

Maggie Grace

MAGGIE GRACE (Lost) | A atriz americana encarnou Shannon Rutherford na primeira temporada de Lost, um dos maiores fenômenos de cultura pop da década de 2000, mas depois saiu da série (para voltar em participações especiais em apenas mais dois episódios). A carreira de estrela adolescente não decolou já de primeira, com o fracasso de A Névoa (2005), mas seu papel coadjuvante em Busca Implacável (2008), como a filha de Liam Neeson, deu mais frutos.