Brad Pitt está no meio de mais uma polêmica nos Estados Unidos. A organização do ator, Make It Right, está sendo acusada de construir casas, que estão se deteriorando, para vítimas do furacão Katrina, que atingiu Nova Orleans em 2005.

Em setembro deste ano, proprietários das casas construídas pela organização processaram o ator e a Make It Right. A acusação é de que as residências estão se deteriorando rapidamente e ainda são defeituosas.

Em documentos legais, publicados pelo The Blast, Brad Pitt alega que não pode ser considerado dono de imóveis de terceiros. Por isso, deve ser retirado do processo.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Para People, a Make It Right respondeu as acusações. Em nota, a entidade afirma que sabe dos problemas das casas e que está tomando uma atitude com o arquiteto responsável por elas.

Brad Pitt chama atenção por visual parecido com o de James Bond em evento na China

A organização está “com um processo na justiça contra o antigo executivo e arquiteto, John Williams, por prejuízos financeiros para consertar as casas de Nova Orleans”. Além disso, a Make It Right afirma que está trabalhando com os moradores da cidade e que não comentará mais o caso.

A acusação dos moradores é que as residências apresentam problemas elétricos, estruturais, de encanamento, de pouca ventilação e estão com defeitos nos materiais. Além disso, a Make It Right teria conhecimento das reclamações desde 2013.

No momento, Brad Pitt continua trabalhando em Era Uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino, em que estrelará ao lado de Leonardo DiCaprio.

Paralelamente, Brad Pitt se prepara para uma batalha judicial contra Angelina Jolie pela custódia dos filhos.