Daniel Craig está em preparação para o misterioso Knives Out e para viver pela última vez o 007 em Bond 25. Mas o que chamou mais atenção em sua recente entrevista foram as declarações de como o ator lida com o assédio dos fãs.

Ao Daily Star, o astro de 50 anos contou que agora só consegue ficar por volta de 30 minutos em um bar até ser reconhecido e todos começarem a pedir por fotos e autógrafos. Isso fez com que Daniel Craig aprendesse a beber o mais rápido possível.

“Depois disso, as coisas começam a acontecer e não é mais relaxante. Eu virei especialista em beber 18 doses em meia hora. Eu gosto de tomar uma bebida, e amo pubs e adoro encontrar novos pubs e lugares para socializar. Mas isso tem um limite agora”, contou o ator.


Knives Out | Christopher Plummer está negociando papel no filme de Rian Johnson

Na entrevista, o astro ainda deixou claro que gosta de atender aos fãs, mas que não gosta quando isso acontece em seu momento de ir ao bar. Daniel Craig afirmou ficar bravo por todos terem celular. Por conta disso, o ator e outros colegas de profissão não podem sair e beber como antigamente.

Conforme o astro, ele “não pode viver uma vida normal” porque “todo mundo tem uma câmera”.

No momento, Daniel Craig deve começar as gravações de Knives Out, novo filme de Rian Johnson, que contará com um elenco estrelado, tendo Chris Evans e Jamie Lee Curtis. O longa não tem data de estreia.

Depois, o astro deve viver pela última vez o agente 007 em Bond 25, que terá direção de Cary Fukunaga. O longa do espião mais famoso do mundo segue previsto para 14 de fevereiro de 2020.