O bizarro vídeo de Kevin Spacey não sofreu apenas críticas do público, mas também de ex-colegas do ator. O famoso é acusado de cometer diversos crimes sexuais, principalmente contra jovens.

Publicado no YouTube, intitulado Let Me Be Frank, o vídeo foi compartilhado na conta oficial de Spacey no Twitter na véspera de Natal, mostrando Kevin Spacey aparentemente comentando eventos da vida real na pele do personagem Frank Underwood, que interpretou na série House of Cards.

A publicação do vídeo aconteceu pouco antes de Kevin Spacey ser oficialmente acusado de assédio sexual e conduta imprópria pela Justiça de Massachusetts. A acusação oficial vem do distrito de Cape and Islands, que afirmou ao veículo que o ator está sendo acusado por uma vítima masculina de ter sofrido assédio em um bar de Nantucket em julho de 2016.


Ataque de Kevin Spacey a jovem em bar foi gravado e enviado pelo Snapchat

Logo, famosos tomaram as redes sociais para ironizarem ou criticarem abertamente o ator.

Kevin Spacey acusado de assediar sexualmente o filho de 18 anos de uma jornalista. E depois de ler isso, então assista ao vídeo nojento que o Senhor Spacey publicou”, disse Alyssa Milano.

“Eu tenho certeza que nenhum dos homens que eram crianças quando foram assediados apreciaram o vídeo estranho de Kevin Spacey. Não, apenas não”, declarou Patricia Arquette.

Kevin Spacey está mandando uma mensagem perturbadora enquanto ele castiga o seu público… se os hipócritas me amam como um assassino, então vão me amar como um agressor sexual? Talvez porque os crimes de Frank Underwood são falsos e os de Kevin Spacey não”, comentou Ellen Barkin.

“Eu tenho certeza que não tem nada na caneca que Kevin Spacey toma”, brincou Rob Lowe.

Kevin Spacey está usando o time legal de Trump agora?”, questionou Jon Favreau.

“Advogado de Kevin Spacey: bem, hora de esquentar o café preto e entrar no Twitter”, ironizou Max Silvestri.

O vídeo, assim como as reações originais, pode ser conferido abaixo.