Johnny Depp está envolvido em mais uma polêmica na sua vida pessoal. Dessa vez, o astro teria vendido a fazenda onde a sua irmã vivia e a deixou sem moradia.

De acordo com o Radar Online, o ator está passando por uma fase de crise financeira. Por isso, vendeu o rancho da família em Lexington, Kentucky, por R$ 6,18 milhões, que é a metade do valor de mercado.

Desde a morte da mãe do ator, Betty Sue Palmer, em 2016, Johnny Depp deixou que a irmã Debbie Rassel, de 62 anos, e o marido, Richard, ocupassem a fazenda. No entanto, os dois teriam sido surpreendidos pela notícia da venda.


“Eu não sei te dizer, eu não sei nada sobre isso. Eu não sei nada sobre ele. Eu não falo sobre ele. Eu não sei a última vez que ele esteve aqui, eu também tenho saído muito”, afirmou Richard ao Radar Online, negando a venda.

Edward Mãos de Tesoura | Johnny Depp temia ser substituído por Tom Hanks

Ainda conforme a publicação, a relação de Johnny Depp e da sua irmã está deteriorada desde 2016. Antes do falecimento de Betty Sue Palmer, os irmãos brigaram sobre como proceder com os cuidados da mãe, o que levou a um mal-estar na família.

Johnny Depp teria se obrigado a vender o local por conta de um processo de ex-agentes. O caso teria feito o ator perder grande parte da sua fortuna, que era avaliada em US$ 650 milhões. O ator não comentou as informações divulgadas.

No momento, o ator está nos cinemas com Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald. O astro vive o vilão do filme do universo Harry Potter.