Will Poulter, que vive Colin Ritman em Black Mirror: Bandersnatch, falou pela primeira vez após ter deixado as redes sociais na última semana. Na ocasião, o ator afirmou que precisava cuidar da sua saúde mental após “experiências recentes”.

Para Radio Times, o famoso pediu para que os fãs não se preocupassem com ele. Além disso, ficou impressionado com a repercussão do seu comunicado.

“Eu nunca experienciei uma reação tão positivo das coisas que eu faço parte. De uma perspectiva criativa, todas conversas que eu tive no privado nas redes sociais foram realmente positivas”, disse o ator.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

No entanto, Will Poulter explicou que há também interações desnecessárias. O ator definiu que deixou as redes sociais por “uma mistura de coisas”.

“Há algumas conversas sem relação que foram feitas nas redes sociais, que foram desnecessárias e negativas. Eu não vi benefícios em responder ou até ler elas”, explicou o famoso.

Black Mirror: Bandersnatch | Nem o co-criador da série consegue acessar cena pós-créditos secreta

Bandersnatch é sobre a história de um jovem programador que cria um jogo a partir de um romance. No entanto, o protagonista começa a perder o controle sobre o que é a realidade e o que é o mundo virtual.

O especial de Black Mirror vai contar um recurso inédito: o espectador poderá escolher o final do filme, contando com 5 horas de material gravado.

O protagonista desse especial de Black Mirror é Fionn Whitehead, que fez sua estreia nas telas com Dunkirk.

Black Mirror: Bandersnatch está disponível na Netflix.